Unicef aponta 70 mil crianças fora da escola em Maceió

Não há vagas suficientes na rede pública, particulares são caras

Compartilhe
, / 1131 0



Redação




Um cadastramento recente feito nas escolas de Maceió, capital de Alagoas, apontou 1,6 mil de crianças da 1a a 5a série que não conseguiram vagas nas escolas públicas. A falta de registro civil dos pais e filhos são outro motivo da falha na matrícula. O estudo revelou, ainda, mais de mil jovens que não conseguiram vagas em apenas dois bairros da cidade, Tabuleiro e Clima Bom.

 

A última pesquisa formal feita neste sentido foi realizada pela Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância e a Adolescência), em que se constatou 70 mil crianças de 0 a 6 anos fora da escola. Alguns pais desistem da espera pelas vagas, já que não têm condições de custear uma escola particular.

 

O governo municipal está orientando as famílias que não obtiveram as vagas a procurar os Conselhos Tutelares para que sejam requisitadas essas matrículas na Secretaria Municipal da Educação.


Comentários

comentários

PASSWORD RESET