Uma em cada quatro crianças em zonas de conflito está fora da escola

Análise da Unicef aponta que há países em que metade das pessoas em idade escolar não frequenta as salas de aula

Compartilhe
, / 266 0


Menino estuda matemática em campo do Sudão do Sul | © UNICEF

Medo constante, deslocamento indesejado e até refúgio. Estas são algumas consequências da guerra para quem vive em países que são palcos de conflitos. E as crianças? Viver em nestas condições pode tirá-las da escola. O Unicef concluiu que uma em cada quatro pessoas de 6 a 15 anos está fora da sala de aula em 22 países afetados por conflitos. Essa proporção representa 24 milhões de crianças, entre as 109,2 milhões de crianças em idade escolar equivalente ao ensino fundamental que vivem nestas áreas.

A maior proporção de crianças que não têm acesso à educação é encontrada no Sudão do Sul, onde mais da metade (51%) não frequentam escola. O Níger vem logo após com 47% das crianças fora da escola, seguido pelo Sudão (41%) e Afeganistão (40%).

Em nota, o Unicef afirma que teme por uma geração que pode crescer sem educação, por acreditar que é um meio de prover habilidades necessárias para contribuir com seus países.

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN