Teatro de idéias

Programa da Rádio USP estimula conhecimento de temas filosóficos, históricos e literários por meio da canção

Compartilhe
, / 1175 0



Alexandre Pavan





 


A cada semana, durante uma hora, o programa
O Teatro do Mundo

, veiculado pela Rádio USP FM trata de um tema diferente – “A Idade”, “Século XX” , “O Belo”.  Embora os assuntos escolhidos sejam amplos e às vezes filosóficos demais, o programa não assusta os ouvintes não-acadêmicos. Por trabalhar muito bem a intertextualidade, misturando poesia, história e principalmente música,
O Teatro do Mundo

agrada a pessoas comuns, como eu e você.




O especial sobre “O Belo”, por exemplo, discute a formação dos gostos, citando as teorias do filósofo Emmanuel Kant, do escritor Charles Baudelaire e do pensador Paul Valéry. No meio desses nomes, para os quais muita gente torce o nariz só de ouvir falar, o programa insere músicas de Chico César (
Beleza Mano

), Caetano Veloso (
Você é Linda

) e Carlos Lyra (
Coisa Mais Linda

), para ilustrar as idéias dos pensadores.

Como diriam os velhos sambistas, esse tipo de programa é sopa no mel para os professores que buscam maneiras de como trabalhar a interdisciplinaridade em sala de aula.
O Teatro do Mundo

é resultado de uma boa pesquisa, sem o preconceito que costuma separar autores populares de eruditos. Como os assuntos escolhidos possibilitam diferentes interpretações, o programa aposta justamente na diversidade de idéias.

Para falar do “Século XX”, a trilha sonora inicial é o centenário
Odeon

, do pianista carioca Ernesto Nazareth, que, na seqüência, abre espaço para textos de Berthold Brecht (
Canção da Solidariedade

), um samba de Noel Rosa (
Século do Progresso

), terminando com o poema
Que Bela Gente

, de Giorgio Gaber.

“A intenção do programa é tratar os temas atuais da sociedade, os relacionamentos da vida cotidiana, as crenças e as fantasias das pessoas através de comentários apoiados em canções, em citações de pensadores importantes e em breves incursões poéticas, sempre relativos ao assunto do dia”, explica o jornalista Ciro Marcondes Filho, criador e apresentador de
O Teatro do Mundo

.

“Busca-se despertar o interesse do ouvinte e a reflexão sobre o tema de forma não direta, jornalística, mas por meio da sensibilidade estética, das alusões que remetem aos sentimentos, do envolvimento pela emoção. Pois acredita-se que é pela emoção que se constrói a solidariedade, a participação e o engajamento das pessoas nas questões que envolvem seu relacionamento com os outros e com o mundo em geral”, completa Marcondes Filho, que também é professor da Escola de Comunicação e Artes da USP.

Em tempos de tão pouca criatividade no rádio,
O Teatro do Mundo

apresenta de maneira inteligente um novo formato, que poderia não só ser repetido por outras emissoras, mas também por professores em sala de aula.




 



SERVIÇO:





O Teatro do Mundo



Rádio USP FM (São Paulo; 93,7 Mhz)



Todas as terças-feiras, às 12h30, com reprise às 23h de quinta-feira.



Pela internet:




www.usp.br/radiousp







 


Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN