SP: Prefeitura dará bolsa a professor que faz mestrado ou doutorado

Docente deve continuar dando aulas para receber a quantia extra, que pode chegar a R$1.700

Compartilhe
, / 948 0

Um novo programa da Secretaria de Educação do município de São Paulo dará bolsas a gestores e professores da rede que estiverem cursando mestrado ou doutorado stricto sensu. O valor adicionado à remuneração será de R$ 1.500 para mestrado e R$ 1.700 para doutorado. Para receber, o educador deve cursar um programa de pós-graduação na sua área de atuação. Além disto, é necessário permanecer dando aulas durante o curso e até um ano e meio depois de seu término.

As durações de programas de mestrado e doutorado são, respectivamente 24 e 48 meses, em geral. Até agora, a opção de fazer uma pós-graduação só ajudava o docente da rede a evoluir na carreira, mas não havia remuneração extra.

Além desta novidade, a prefeitura também lançou dois cursos de pós-graduação direcionada a professores da rede municipal: Mestrado Profissional em Gestão Educacional e de Educação em Direitos Humanos para Educadores. Eles serão oferecidos pela Universidade Virtual do Estado de São Paulo (UNIVESP) na Universidade Aberta do Brasil. A instituição tem como polos os CEUs da periferia da cidade.

 

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN