Sopa de inteligência

Referência na canção infantil, Palavra Cantada, de Paulo Tatit e Sandra Peres, comemora dez anos com CD e DVD

Compartilhe
, / 921 0





Alexandre Pavan*

Os músicos Paulo Tatit e Sandra Peres optaram pelo caminho mais difícil quando criaram a coleção de discos infantis Palavra Cantada, em 1994. Em meio ao sucesso comercial das loiras-cantoras-apresentadoras-de-TV e seus ilariês esquizofrênicos, a dupla de compositores chegou dando um alô sereno em forma de canções de ninar.



Há dez anos, Tatit e Sandra – ele, já com uma carreira na música popular, ela, de formação erudita – eram sócios em um estúdio e ganhavam a vida produzindo trilhas para teatro e publicidade. Sentiam que a indústria tradicional do disco dava pouca atenção ao público infantil e decidiram se arriscar num projeto particular, independente. A dupla apostou na tradição cancioneira e na diversidade musical do Brasil.




Mesmo com uma pequena tiragem, o primeiro CD,
Canções de Ninar

, embalou a opinião da crítica e o gosto do público. Palavra Cantada tornou-se um selo musical, uma pequena gravadora que, dois anos depois, em 1996, lançaria o álbum
Canções de Brincar

, renovando o repertório infantil com composições de Sandra e Tatit em parceria com Arnaldo Antunes, Luiz Tatit e Edith Derdyk.




E os lançamentos seguiram com os discos
Canções Curiosas

(1998),
Mil Pássaros

(1999), baseado em histórias de Ruth Rocha,
Noite Feliz

(1999), até o revelador
Canções do Brasil

(2001), que exibe a variedade de sotaques e intenções musicais de todos os estados brasileiros, com interpretações das próprias crianças. A discografia da dupla se completa com
Meu Neném

, lançado no ano passado, para crianças de até 3 anos.




Além desses álbuns, o selo Palavra Cantada também distribui discos de artistas cujos trabalhos têm perfil semelhante ao desenvolvido por Sandra e Tatit. É o caso de nomes como Grupo Rumo, Gustavo Kurlat e Chico dos Bonecos. Com isso, o catálogo da gravadora, que começou miúda, em 1994, hoje já conta com 16 CDs. Nenhuma outra empresa produtora de disco se dedicou tanto ao público infantil no mesmo período.




Como o mundo é uma bola, que rebola e faz as coisas mudarem, dez anos depois de sua criação, a Palavra Cantada tornou-se referência para crianças, pais e professores, que descobriram naturalmente – sem que essa fosse a intenção dos criadores – um viés educativo para as canções da dupla.




Mas, afinal, o que é que tem na sopa desses dois? Eles apostam na inteligência do ouvinte, investem na melhor letra, na instrumentação adequada e evidenciam a beleza até nos arranjos mais simples de voz e violão.





Na comemoração de seus dez anos, Palavra Cantada está lançando um CD e um DVD gravados ao vivo no teatro do Centro Educacional Unificado (CEU) Jambeiro – neste ano, Sandra, Tatit e banda fizeram uma turnê por todos os 21 CEUs da cidade de São Paulo (SP). CD e DVD apresentam uma coletânea das principais músicas da dupla, como
Ora Bolas

,
Pindorama

e
Rato

. A canção de maior sucesso pode ser
Sopa

, porém o que a Palavra Cantada oferece é um banquete.




*Jornalista e co-autor do livro Populares e Eruditos




apavan@uol.com.br



Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN