Site reúne curtas-metragens para usar em sala de aula

Professores podem cadastrar planos de aula e relatar experiências

Compartilhe
, / 2400 0

Um portal feito para educadores está estimulando a exibição de curta-metragens brasileiros em sala de aula. O Curta Na Escola reúne vídeos feitos por brasileiros que podem ser aplicados ao ensino de crianças e adolescentes. Além de disponibilizar informações pedagógicas básicas, como os níveis de ensino e as disciplinas às quais o vídeo é adequado, o site tem uma plataforma colaborativa, em que professores podem compartilhar seus planos de aula e seus relatos.

Até agora, o filme mais exibido é o Ilha das Flores (1989). Dirigido por Jorge Furtado, o curta de 13 minutos faz um ácido retrato da sociedade desigual em que vivemos ao acompanhar a trajetória de um tomate. Ao todo, há 530 vídeos no acervo. O site estima que mais de 60 mil alunos tenham sido contemplados pelo projeto. O conteúdo é livre para todos que acessam, mas os professores que desejarem montar sua cinemateca e enviar suas experiências podem fazer um cadastro.

O projeto é da Synapse Produções, que comercializa o cinema independente brasileiro para o exterior. Já foram lançados três DVDs com os curtas, distribuídos a mais de três mil escolas.

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN