Site Porvir apresenta plataforma de uso gratuito que reúne informações sobre experiências educacionais inovadoras ao redor do mundo

O discurso é bem conhecido: a escola tradicional já não atende às necessidades das novas gerações. É preciso inovar, incorporar os recursos tecnológicos e …

Compartilhe
, / 803 0

O discurso é bem conhecido: a escola tradicional já não atende às necessidades das novas gerações. É preciso inovar, incorporar os recursos tecnológicos e levar em conta os interesses e o ritmo de cada aluno. Mas como passar da teoria à prática? O Porvir, programa do Instituto Inspirare, apresentou no fim de julho a plataforma de uso gratuito InnoveEdu, que reúne informações sobre 96 experiências educacionais inovadoras ao redor do mundo.

Segundo a equipe responsável pelo site, a proposta é trazer inspiração concreta para que educadores consigam implementar práticas criativas e transformadoras na rotina dos ambientes educacionais.

A plataforma aponta cinco tendências que permeiam as experiências mais inovadoras: preocupação com o desenvolvimento de competências para o século 21, experimentação, personalização, uso do território para além do ambiente da escola e novas formas de certificação (que consigam comprovar competências específicas).

Das 96 experiências reunidas pelo site, 15 são brasileiras. Entre elas estão iniciativas que envolvem aprendizagem por projetos, alternativas à divisão do tempo escolar por disciplinas, formação cidadã e intervenções na comunidade. “É preciso buscar formas mais contemporâneas de ensinar e de aprender. As experiências relacionadas no InnoveEdu mostram que esse caminho é possível. Muitas delas já integram mais de uma tendência e promovem o uso cada vez mais inovador das tecnologias”, afirma Anna Penido, diretora do Inspirare.

Nas páginas referentes a cada uma das iniciativas, o usuário tem acesso a uma ficha-resumo da experiência, com o problema que se procurou enfrentar, as soluções encontradas e os resultados obtidos.

Ao lado do texto principal, a seção Visão geral traz informações como o grau de uso de tecnologia na ação e o número de pessoas impactadas. Para quem quiser se aprofundar e conhecer melhor uma experiência, há links para o site da iniciativa e conteúdos extras.

O mapeamento foi feito em parceria com três organizações estrangeiras que trabalham com pesquisa e disseminação de inovações em educação: Edsurge (dos Estados Unidos), Innovation Unit (do Reino Unido) e Wise (do Catar). O conteúdo do site também está disponível em inglês.

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN