Sem dívida

Com estrutura consolidada, programa Bem Gasto leva aulas de educação financeira para estudantes da modalidade EJA por Juliana Duarte Criado em 2013, o programa …

Compartilhe
, / 2217 0

Com estrutura consolidada, programa Bem Gasto leva aulas de educação financeira para estudantes da modalidade EJA

por Juliana Duarte

191_58

Criado em 2013, o programa Bem Gasto prevê aulas de educação finan­ceira para alunos inscritos na mo­dalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA). O objetivo é ofere­cer uma base sólida para que as pessoas consigam administrar melhor a renda e gastar o dinheiro de maneira consciente.

Sem fins lucrativos, a iniciativa foi idealizada por Luiz Felipe Felix Curado, estudante do curso de Economia do Insper, em São Paulo, que contou com o apoio de outros dois colegas: Dafne Coelho e Thomas Florez Mainzer. A equipe é organizada atualmente em diferentes núcleos, como recursos humanos, diretoria pedagógica, marketing e departamento administrativo. Já os professores do Insper atuam ativamente como consultores no projeto, avaliando e propondo sugestões para o material didático e para as ações realizadas.

A partir dessa estrutura, o grupo firmou parceria com três instituições da capital paulista (Projeto Arrastão, Colégio Visconde de Porto Seguro e Colégio Lourenço Castanho) para disseminar o conteúdo nas classes de EJA. “Estamos abertos a escolas e ONGs que desejam participar da iniciativa. Basta nos procurar”, alerta Mainzer, diretor de recursos humanos do projeto.

O curso é dividido em três módulos: Orçamento Familiar, Lidando com Dinheiro e Negociação, e tem um formato adaptável – é moldado a partir de um questionário entregue à instituição em questão. “Essa etapa é muito importante, pois a escola nos dirá quem são os nossos alunos, o que ajuda muito na organização do material”, afirma Mainzer.

“O envolvimento é muito grande, o que não acontece apenas na sala de aula. Eles compartilham o conhecimento com amigos e família, o que torna o projeto ainda maior”, diz Mainzer. Além dos encontros presenciais, o grupo mantém uma página no Facebook (www.facebook.com/projetobemgasto) com dicas de organização financeira.

Segundo Mainzer, a ideia é expandir o projeto para todo o Brasil, por isso a iniciativa está de portas abertas para quem deseja participar. Atualmente, alunos de outras instituições já fazem parte do programa – e a intenção é ampliar o time. “Acabamos de abrir um processo seletivo para a contratação de 15 pessoas. Planejamos fazer esse procedimento a cada seis meses. Queremos melhorar progressivamente a educação financeira no país”, afirma.

Raio X
Programa Bem GastoCriação do projeto: 2013
Alunos participantes: 7 (quatro do Insper e três de outras instituições)
Estrutura do curso: 3 módulos
Alunos EJA atendidos até agora: 140
Para contatar o programa Bem Gasto: projetobemgasto@outlook.com.

 

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN