Reforço na alfabetização

Professores alfabetizadores da rede pública podem participar de formação continuada

Compartilhe
, / 2069 0
iStockphoto

Em março começa a segunda etapa do curso de formação continuada para os professores alfabetizadores da rede pública. O programa faz parte do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, compromisso estabelecido entre os governos federal, municipal, estadual, além do Distrito Federal, para assegurar a alfabetização de todas as crianças até os 8 anos de idade, no máximo. No ano passado, a ênfase do curso foi em linguagem. Já neste ano o foco recairá sobre a matemática. No total, serão realizadas 120 horas de treinamentos, cujos objetivos são melhorar a prática docente e, consequentemente, a alfabetização das crianças. Com 317 mil professores participantes, o projeto contempla aulas presenciais realizadas uma vez ao mês, além de seminários e atividades extraclasse. A participação não é obrigatória, mas em torno de 5,4 mil municípios aderiram ao Pacto, segundo o Ministério da Educação (MEC). De acordo com o IBGE, há 5.570 cidades no país. Além da formação de professores, outro importante eixo do Pacto é a realização de avaliações sistemáticas nesta fase do ensino. A Avaliação Nacional da Alfabetização (ANA), criada nesse contexto e realizada pela primeira vez ao final de 2013, terá seus resultados divulgados em março de 2014, conforme previsões. Foram avaliados itens como infraestrutura das escolas, formação dos professores, gestão, organização do trabalho pedagógico e desempenho dos alunos do terceiro ano.

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN