Rede Nacional de Ciência para a Educação é lançada com apoio da Capes e do Instituto Ayrton Senna

Objetivo da iniciativa é é investigar como ocorrem os processo de ensino e aprendizagem

Compartilhe
, / 1089 0


Com a participação de pesquisadores de diversas universidades brasileiras interessados em colocar a ciência a serviço da educação, foi lançada no Rio de Janeiro a Rede Nacional de Ciência para a Educação, como antecipou Roberto Lent, um dos idealizadores da proposta, à Educação em  outubro último. O objetivo da iniciativa, que conta com o apoio da Capes e do Instituto Ayrton Senna, é conduzir estudos capazes de investigar como ocorrem os processos de ensino e aprendizagem e, desse modo, gerar evidências científicas que possam subsidiar melhores práticas pedagógicas e otimizar o aprendizado escolar. Especialistas de diversas áreas estão engajados, entre eles educadores, neurocientistas, psicólogos, biomédicos e economistas. “O aspecto mais importante dessa proposta é que ela deverá funcionar como uma via de mão dupla. Não pretendemos ditar regras aos professores. Buscamos promover conhecimento que possa ser utilizado por eles, mas também queremos que os educadores nos tragam experiências que possam inspirar novas pesquisas”, explica Roberto Lent, que também é diretor do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Entre as iniciativas da rede está a organização de encontros periódicos para a troca de experiências e resultados obtidos em trabalhos acadêmicos. 

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN