Projeto leva cinema às escolas públicas do estado de São Paulo

Primeira capacitação de professores será realizada nesta quarta-feira

Compartilhe
, / 838 0


Usar o cinema como ferramenta pedagógica na sala de aula é o principal motivo que motivou a criação do
Programa de Cine-Educação

, uma realização da Mapfre Seguros e da ViaGutenberg em parceria com a Cinemateca Brasileira (espaço dedicado à cultura audiovisual ligado ao Ministério da Cultura) e a Secretaria Estadual de Educação de São Paulo.



O projeto, lançado no dia 8 de agosto depois de um semestre em fase experimental, visa capacitar professores da rede pública estadual de ensino para trabalhar o conteúdo de filmes nacionais na escola em consonância com sua disciplina. Nesta quarta-feira, 24, será realizada a primeira formação de educadores depois do lançamento. “O professor deve ser a pessoa que leva essa arte à escola, e não, por exemplo, um diretor de cinema”, explica Sérgio Castelo Serapião, um dos diretores da ViaGutenberg.



Em cada semestre será trabalhado um filme, em até nove sessões semanais para os alunos e outras quatro para a capacitação de professores. Mil estudantes participaram do piloto desde o início do ano e, devido ao sucesso projeto, a meta é atingir 26 mil nos próximos dois semestres.



De acordo com o diretor-presidente da Mapfre Seguros, Antonio Cássio dos Santos, “o
Programa de Cine-Educação

busca, além de democratizar o acesso ao cinema, aliar entretenimento e educação, despertando no aluno o interesse pelo estudo e pesquisa, ensinando que o cinema pode ser educativo e que aprender é divertido”.

O projeto busca, segundo Sérgio, contribuir para a formação dos estdantes como cidadãos.

“Vamos levar o cinema à sala de aula sem escolarizá-lo, simplesmente para ensinar o prazer de ver um filme”, diz.

(Fonte: Mapfre Seguros e ViaGutenberg)



Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN