Programa federal formará professores para combater o preconceito

Curso, ainda piloto, será ministrado em grande parte a distância

Compartilhe
, / 1049 0



O Ministério da Educação acaba de lançar o programa
Gênero e Diversidade na Escola

, que capacitará professores de quinta a oitava série do ensino público para combater preconceitos manifestados por estudantes na sala de aula, sejam eles em relação a gênero, raça ou orientação sexual.





 




O curso será ministrado à distância na maior parte do tempo, e pretende formar, nessa primeira fase, 1,2 mil educadores de Niterói (RJ), Nova Iguaçu (RJ), Porto Velho (RO), Dourados (MS), Salvador (BA) e Maringá (PR).




 




A etapa presencial, com 30 horas de duração, já está em desenvolvimento, e as 170 horas de aulas pela internet, com acompanhamento e orientação on-line, começarão em seguida, com previsão de término para 2 de setembro. No segundo semestre, o MEC pretende atender mais 30 mil profissionais.




 




 





(Fonte: MEC)


Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN