Professores do mundo inteiro podem concorrer a prêmio de U$1 milhão

Global Teacher Prize, o “Nobel da Educação”, está com inscrições abertas

Compartilhe
, / 1201 0
Pixaby

Pixaby

Muitas escolas e alunos já foram transformados pela ação de um bom professor. Para valorizar esses profissionais, o Global Teacher Prize concede anualmente um prêmio de 1 milhão de dólares a um docente considerado “excepcional”.

Em sua terceira edição, o “Nobel da Educação” está com as inscrições abertas até o dia 14 de outubro. Professores de escolas públicas e privadas de todo o mundo podem se inscrever. É possível ainda indicar alguém para receber o prêmio.

Avaliação

Para avaliar quais professores deram grandes contribuições a profissão, será levada em consideração uma lista de critérios. O alcance dos resultados de aprendizado dos alunos, a adoção de práticas de ensino inovadoras e o reconhecimento da prática do professor por alunos, colegas e pela comunidade são alguns deles.

A seleção dos projetos será feita por diretores de escolas, especialistas em educação, artistas, cientistas, dirigentes públicos, empreendedores técnicos, diretores de empresas e jornalistas, que compõe a Global Teacher Prize Academy.

Os 10 finalistas receberão um convite para participar do Fórum Global Education and Skills, que será realizado em Dubai, em março de 2017. Durante o evento, o grande vencedor será anunciado.

Global Teacher Prize

O Global Teacher Prize é realizado pela Varkey Foundation, instituição sem fins lucrativos do Reino Unido.

O patrocínio é de Sua Alteza o Xeique Mohammed bin Rashid Al Maktoum, vice-presidente e primeiro ministro dos Emirados Árabes Unidos e governador de Dubai.

Na última premiação, realizada em março desse ano, a professora Hanan Al Hroub, da escola de ensino médio Samiha Khalil, na Palestina, foi eleita a melhor professora do mundo de 2015. No primeiro ano do prêmio, a vencedora foi a americana Nancie Atwell.

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN