Produtos de sua época

Enclosure (Neues Museum), fotografia de Thomas Florschuetz (acima), trecho do filme Deep Gold, de Julian Rosefeldt (abaixo) e Untitled (Palast), fotografia de Thomas Florschuetz …

Compartilhe
, / 174 0

Divulgação
Enclosure (Neues Museum), fotografia de Thomas Florschuetz (acima), trecho do filme Deep Gold, de Julian Rosefeldt (abaixo) e Untitled (Palast), fotografia de Thomas Florschuetz (à direita)

Um ano depois de a Alemanha celebrar os 25 anos da queda do Muro de Berlim, o Centro Cultural Banco do Brasil traz uma interessante exposição sobre o clima que se instalou no país depois da reunificação: Zeitgeist – Arte da Nova Berlim. A mostra traduz, como o termo alemão indica, o “espírito da época” na visão de 29 artistas. Há desde pinturas e fotografias até instalações e performances que tocam em aspectos marcantes do período, como o redesenho da cartografia da cidade e a consequente destruição e criação de novas paisagens, a reorganização dos espaços e do tempo e a cultura dos clubes berlinenses, montados em galpões e em antigas instalações industriais. É uma mostra pluralista, bem representativa da capital berlinense. A exposição está em cartaz em Belo Horizonte, onde permanece até 11 de janeiro, e depois seguirá para o Rio de Janeiro.  

Zeitgeist – Arte da Nova Berlim 
Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) – Belo Horizonte
Praça da Liberdade, 450 – Funcionários
De quarta a segunda, das 9h às 21h
Entrada franca
Até 11 de janeiro de 2016
Informações: (31) 3431-9400 / ccbbbh@bb.com.br

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN