Piauí adota sistema de alfabetização cubano

Por meio do programa “Sim, eu posso”, governo espera formar 1.500 alunos em 2006

Compartilhe
, / 1043 0



O MEC (Ministério da Educação) e o governo de Cuba fizeram um acordo e implantaram, em três municípios do Piauí, neste mês, o sistema cubano de ensino
Sim, eu posso

, que será usado para alfabetizar 1.500 moradores locais em 2006.




 




De acordo com o coordenador do método, o cubano Carlos Martinez, com o auxílio de aparelhos de TV e vídeo, e uma cartilha de alfabetização, as turmas devem concluir o curso em 35 dias, em contraposição à média de sete meses que outros programas no estado costumam durar. O motivo da grande diferença, para o professor, seria porque o sistema cubano proporciona mais interatividade entre os alunos, o material e o alfabetizador.




 




O projeto foi realizado em caráter experimental nos últimos meses de novembro e dezembro, com 68 alunos das cidades de Murici dos Portelas, Caxingó e Buriti dos Lopes, com sucesso.




 




Os recursos, equivalentes a R$ 100 mil, são parte da verba programa federal
Brasil Alfabetizado

. As Secretarias da Educação do Paraná e do Ceará já demonstraram interesse pelo sistema.




 




 





(Fonte: Agência Folha)


Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN