Oscip lança versão on-line do Atlas para a sustentabilidade ambiental da Bacia Hidrográfica do Alto Tietê

Publicação é voltada a professores e estudantes do ensino médio e universidades das 36 cidades que compõem a bacia

Compartilhe
, / 1099 0

Reprodução

A bacia do Alto Tietê, no Estado de São Paulo, abastece cerca de 20 milhões de habitantes e passa pela maior crise de sua história. O Instituto 5 Elementos – Educação para a Sustentabilidade, uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), lançou no começo de setembro a versão on-line do Atlas para a sustentabilidade ambiental da Bacia Hidrográfica do Alto Tietê.

A publicação é voltada a professores e estudantes do ensino médio e universidades das 36 cidades que compõem a bacia. O objetivo é tornar acessíveis informações técnicas sobre a formação da bacia hidrográfica, os planos de gestão da água e de resíduos e a vegetação de seu entorno. Para isso, o material tem linguagem simples e muitos mapas e ilustrações.

A educadora e pedagoga ambiental Mônica Pilz Borba, coordenadora da publicação, conta que o atlas explica de onde vem a água da bacia, apresenta parques e áreas de conservação e dá destaque para o tema da qualidade das águas. “O uso do recurso e o modelo de gestão devem ser revistos, pois não podemos continuar a buscar água cada vez mais longe. Temos de cuidar da água aqui mesmo e para isso a informação e mobilização são fundamentais”, diz a coordenadora.

O download da obra pode ser feito gratuitamente no endereço.

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN