Professora e professor brasileiros concorrem ao Nobel da Educação

É a primeira vez que uma docente brasileira concorre ao Global Teacher Prize. Prêmio é de US$1 milhão

Compartilhe
, / 0

O Global Teacher Prize é o maior prêmio de educação do mundo e reconhece anualmente com US$ 1 milhão um professor que tenha contribuído de maneira positiva com sua profissão.

Realizada pela prestigiada Varkey Fundation, dentre os 50 finalistas de 39 países que concorrem em 2019 está a professora Débora Garofalo, da EMEF Almirante Ary Parreiras, localizada em São Paulo e o professor Jayse Antonio da Ferreira, da EREM Frei Orlando, em Itambé, Pernambuco, ambas escolas públicas carentes. Vale ressaltar que é a primeira vez que uma professora brasileira é finalista no Teacher Prize.

Conheça os projetos dos docentes

Débora Garofalo é formada em Letras e Pedagogia e mestranda em Educação pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP) e dá aulas na EMEF Almirante para alunos de 9 a 14 anos.

Robótica com sucata promovendo a sustentabilidade é o projeto em sala de aula da professora de tecnologias na EMEF Almirante que a levou a ser finalista. A professora e os alunos, por meio desse projeto, transformaram cerca de 700 kg de lixo da região em objetos de robótica. Com a mesma atividade, a professora foi reconhecida este ano pelo Ministério da Educação brasileiro.

O professor de educação artística na EREM Frei Orlando, Jayse Ferreira chegou aos 50 finalistas por conta de dois projetos, o Eu sou uma obra de arte: etnias do mundo e Vamos enCURTAr essa história?, ambos voltados para o respeito à diversidade religiosa e ao reconhecimento e orgulho de suas origens.

Formado em Educação Artística e pós-graduado em Psicopedagogia, Ferreira revela que o projeto envolveu a comunidade e fortaleceu o engajamento com os pais.

Resultado

A segunda etapa do prêmio será divulgada em fevereiro de 2019, em que serão divulgados os 10 finalistas. Já a cerimônia final acontecerá em março na capital dos Emirados Árabes, Dubai.

Cerca de 10 mil professores de 179 países se inscreveram no Global Teacher Prize 2019.

nobel da educação

É a primeira vez que uma professora brasileira concorre ao prêmio (foto: divulgação)

Leia também:

Escola em Tocantins é eleita melhor construção do mundo

Saiba o contexto em que a Declaração Universal dos Direitos Humanos foi construída e entenda sua importância

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN