Ministro promete avanço no Fundeb até 13 de julho

Fernando Haddad, do MEC, afirmou que a proposta de emenda constitucional que cria o fundo deve passar pelo Senado em breve

Compartilhe
, / 884 0



O Ministro da Educação, Fernando Haddad, afirmou que
 

a proposta de emenda constitucional que cria o Fundo da Educação Básica (Fundeb) deve ser votada no Senado na primeira metade de julho. Haddad reuniu-se nesta quarta-feira com o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), além do presidente do Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed), Mozart Neves Ramos, a vice-presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Justina Iva, o diretor da Confederação Nacional dos Trabalhadores de Educação (CNTE), Denilson Bento da Costa e o secretário de educação básica, Francisco das Chagas.

A idéia é aprovar a proposta até o dia 13 do próximo mês. “Estamos falando em R$ 4 bilhões  adicionais para a educação básica. Dividindo este valor por 200 dias letivos,  tem-se um prejuízo de 20 milhões para cada dia de atraso na aprovação do fundo”, afirmou Haddad. Após a tramitação no Senado, se aprovada, a proposta ainda voltará à Câmara dos Deputados e, se não houver mudanças, dependerá da sanção do Presidente da República.

(Fonte: MEC)

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN