Ministério da Saúde antecipa idade da educação sexual para crianças de 10 anos

Segundo o governo, a taxa de gravidezes na faixa de 10 a 15 anos não tem diminuido

Compartilhe
, / 888 0




Redação

O governo federal vai antecipar o início da educação sexual nas escolas de 13 para 10 anos. A faixa etária antes priorizada era de 13 a 24 anos, e agora será de 10 a 15 anos. O motivo é a queda de 21% no número de gravidezes na faixa anterior, no período de 1998 a 2003, mas a estabilidade das gestações em adolescentes de 10 a 15 anos. Este número não varia significativamente, nas últimas pesquisas, da média de 28 mil partos ao ano.



O ministério da Saúde continuará a distribuição de preservativos nas escolas públicas, que começou no ano passado, para prevenir Aids e outras doenças sexualmente transmissíveis, a gravidez precoce e os abortos clandestinos decorrentes. No primeiro semestre de 2004, mais de 1,2 milhão de preservativos foram distribuídos nas instituições de 281 municípios.


Ainda no ano passado, quase 49 mil jovens foram atendidas para curetagem (procedimento cirúrgico de raspagem) pós-aborto no SUS (Sistema Único de Saúde). Entre elas, 2.711 tinham de 10 a 14 anos.


(Dados do SUS)

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN