MEC lança programa que beneficia funcionários de escolas públicas

Esta e outras quatro novas ações do governo pretendem fortalecer o ensino básico

Compartilhe
, / 936 0



O Ministério da Educação lançou nesta quarta-feira, 26 de outubro, quatro medidas com o objetivo de desenvolver e fortalecer a educação básica no país, totalizando R$ 4 milhões em investimento.



 




Deste custo, R$ 3 milhões irão para o novo e, segundo o MEC, inédito, programa
Profuncionário

, que oferece um curso profissionalizante de técnico em educação aos funcionários de escolas públicas que tenham o ensino médio concluído ou em fase de conclusão. Os estados de Pernambuco, Mato Grosso do Sul, Paraná e Tocantins farão parte do projeto-piloto.




 




As outras três medidas tomadas foram a assinatura de acordos de cooperação técnica com estes estados, com o objetivo de implantar o
Profuncionário

; a assinatura de convênio do programa de fortalecimento institucional das secretarias municipais de educação da região do semi-árido; e a homologação da resolução do Conselho Nacional de Educação (CNE/MEC), que cria a 21ª área profissional sobre os serviços de apoio à educação.




 




O ministro da Educação, Fernando Haddad, acredita que as ações são de grande importância, principalmente a do
Profuncionário

, que atinge uma categoria com mais de 2,5 milhões de trabalhadores. “É uma grande ação, porque dá visibilidade a um problema dramático nas escolas, o do apoio institucional da educação. E vem ao encontro do que se está fazendo em termos macro neste setor educacional.”




 




 




(Fonte: MEC)



Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN