MEC anuncia mais transparência em gastos públicos

Cadastro de alunos no Projeto Presença ajuda na distribuição de recursos pelo país

Compartilhe
, / 967 0



 




O ministro da Educação, Fernando Haddad, prometeu na última semana mais transparência e eficiência nos gastos públicos do setor. De acordo com ele, o momento de discussão do Fundeb é propício para reunir dados sobre a educação básica para que a distribuição de recursos entre estados e municípios seja mais justa.




 




Esse é o objetivo do
Projeto Presença

, que, em seis meses, como explica o ministro, obteve informações sobre 43.247.496 estudantes e mais de dois milhões de professores do ensino básico dos sistemas público e privado de todo o Brasil.




 




Haddad disse que, diferente do censo escolar tradicional, o cadastro no
Presença

foca o aluno, e não o colégio, para levantar necessidades individuais e saber que lugares precisam de mais investimentos. “O recurso deve ser do aluno e não do sistema”, afirmou.




 




Com o cadastro, será possível acompanhar a trajetória escolar, a freqüência, o rendimento e o desempenho de cada estudante em exames como o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb).




 




 





(Fonte: MEC)


Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN