MASP realiza encontros sobre arte, educação e esfera pública

Professores e educadores podem participar dos debates, que visam oferecer ferramentas pedagógicas para apropriação do museu; programa oferece certificado

Compartilhe
, / 222 0
MASP realiza encontros sobre arte, educação e esfera pública

Foto: Thiago Leite/Shutterstock

Ao longo de 2017, o MASP (Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand) realiza cinco encontros sobre temas que estão em discussão nos campos da arte e da educação no Brasil, além de estarem presentes também em exposições e programas do próprio museu. O programa é voltado a professores, educadores e interessados em geral. O principal objetivo, de acordo com os organizadores, é oferecer ferramentas pedagógicas que possibilitem diferentes modos de apropriação e usos do museu pelas comunidades escolares.

Os encontros acontecerão sempre aos sábados, das 9h às 14h, em datas que vão de 29 de abril a 25 de novembro (veja programação ao fim da matéria). Os temas escolhidos para os debates são: direito à cidade; descolonização e educação popular; cultura afro brasileira e educação antirracista; cultura e educação indígenas; gênero e sexualidades.

Cada encontro será dividido em dois momentos. O primeiro, no grande auditório do MASP, é aberto para todos os interessados, e será composto por apresentações feitas por três convidados, responsáveis por introduzir os assuntos e levantar pontos para discussão. O segundo momento é dedicado exclusivamente para professores e educadores, e conta com menos vagas. Nesse momento, serão realizadas três sessões de trabalho moderadas pelos palestrantes convidados. Os grupos permitirão mais tempo e espaço para o debate do que foi apresentado e para o compartilhamento de experiências dos participantes no campo da educação.

A primeira edição acontecerá no dia 29 de abril, e abordará o direito à cidade. As inscrições para as palestras, já abertas, devem ser realizadas online, neste formulário. Os professores que quiserem participar dos debates deverão pegar uma senha no dia do evento. A programação dos encontros foi construída em parceria cultural com a ONG Ação Educativa. Para mais informações, clique aqui.

Programação:

29/4 – Avenida Paulista: Direito à cidade

10/6 – A mão do povo brasileiro, 1969/2016: Descolonização e educação popular

15/7 – Histórias indígenas: Cultura e educação indígena

16/9 – Histórias Afro Atlânticas: Cultura afro brasileira e educação antirracista

25/11 – Histórias da sexualidade: Gênero e sexualidades

 

*Com informações do MASP

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN