Marcas que ensinam

Em sua terceira edição, o Prêmio TOP Educação traz novas categorias e mostra que aumentou muito a competitividade e o número de produtos e serviços no setor

Compartilhe
, / 2332 0

Em sua terceira edição, o Prêmio TOP Educação, promovido pela revista Educação, consolida a sua reputação como o principal levantamento que afere a presença das marcas e sua capacidade de serem reconhecidas por aqueles que atuam no setor educacional.


Conheça as marcas mais lembradas

Neste ano, na primeira fase de votações, que durou de maio a junho, o site da publicação recebeu mais de 42 mil votos de pais e profissionais da área educacional. Nessa etapa, são escolhidas as três marcas mais lembradas, que foram mencionadas de forma espontânea. Na segunda fase – realizada entre os meses de agosto e setembro -, foram eleitas as empresas, instituições de ensino, livrarias, editoras e outras entidades cujas marcas estão mais bem fixadas na mente dos internautas. Outros 21 mil votos foram concedidos pelos freqüentadores do site de Educação nessa segunda etapa.

"Esta terceira edição marca a consolidação definitiva do Prêmio Top Educação, com um expressivo aumento de mais de 30% no número de votantes em relação à edição anterior. Aumentamos também o número de categorias, para responder a um reclamo do mercado, que queria se ver retratado em toda a gama de produtos e serviços que oferece para o desenvolvimento da educação", destaca o diretor editorial da Editora Segmento, Luciano do Carmo.

Quando foi lançado, em 2006, o prêmio era composto por 10 categorias. No ano seguinte, foram acrescidas mais três e neste ano foram avaliados 21 segmentos. O turismo educacional foi a área que contou com mais votos, com 7% do total. Em seguida, veio a categoria de escolas de idiomas, que recebeu 6,8% do total de votos.

Outro destaque desta edição foi o grupo Objetivo/Unip, que venceu em quatro das 21 categorias. Como curso preparatório para o vestibular, foi lançado em 1965 pelos então estudantes de medicina João Carlos di Gênio e Drauzio Varella e pelos médicos Roger Patti e Tadasi Itto. Na década seguinte, o grupo inaugurou um novo modelo de atuação, que consistia no fornecimento de material didático apostilado para escolas de terceiros, depois ampliado para o campo dos serviços de gestão e formação continuada e batizado de sistema de ensino.  No final da década de 80, em 1988, o grupo ampliava o horizonte de atuação, estendendo-o ao Ensino Superior com o início das atividades da Universidade Paulista (Unip).

Dessa forma, na edição do prêmio deste ano, o Objetivo ganhou nas categorias Sistema de ensino e Sistema de ensino para a rede pública. A Unip foi lembrada como a marca mais conceitua­da na categoria Instituição de ensino de pós-graduação; no segmento de Portal educacional, o Portal Objetivo foi o mais lembrado pelos votantes.


Produtos e serviços


Pelo terceiro ano consecutivo, a Faber-Castell, fabricante de produtos para escrever, desenhar e pintar, foi lembrada como a melhor marca na categoria de Fabricante de material escolar. A Microsoft, pela segunda vez, ganha como a melhor Empresa de tecnologia. A Saraiva, entre as livrarias, também bisou o prêmio.

Duas empresas do Grupo Abril, as editoras Scipione e Ática, também já estão se tornando habituées do Top Educação. A Scipione foi a marca mais recordada como Editora de livro didático para o ensino médio e a Ática a mais reconhecida na categoria Editora de livros paradidáticos e infanto-juvenis. No ano passado, foram eleitas na categoria Editora de livro didático, desmembrada neste ano.

Já quando o assunto é Escola de idiomas, a marca escolhida foi o CCAA, em disputa renhida com o Fisk. A Moderna ganhou como a melhor Editora de livros didáticos para o ensino fundamental. Entre os Fabricantes de computadores, a Dell Brasil foi a marca mais lembrada, também ela vencedora pelo segundo ano consecutivo. Entre os fabricantes de Sistemas de gestão escolar, a RM Sistemas, empresa que passou a fazer parte do Grupo Totus, foi a mais lembrada. 

Num dos segmentos que mais tem crescido no setor educacional, a Educação a distância, o nome mais lembrado foi de uma instituição pública: a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) teve 2,5 vezes mais votos que a segunda colocada, a Unip.
No Turismo educacional, três pesos pesados das manifestações de arte e cultura em São Paulo disputaram a indicação, com diferença de menos de 200 votos entre a primeira e a terceira. Saiu vencedor o Sesc-SP, secundado pelo Museu de Arte de São Paulo (Masp) e pelo Museu da Língua Portuguesa, ganhador do ano passado.

Nas inéditas categorias de Acampamentos, Intercâmbio cultural, Merenda escolar, Móveis escolares, Equipamentos para laboratório e Ação social na área educacional, as instituições mais lembradas foram, respectivamente, Nosso Recanto, Student Travel Bureau (STB), Real Food, Movesco, Positivo Informática e Instituto Arte na Escola.


Lembrança de marca: credibilidade


As enquetes realizadas por órgãos de imprensa que recebem votação expressiva de seus leitores são significativas para as empresas e instituições mencionadas. É o que diz o professor e diretor de gestão de marcas da Pós-Graduação da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), Ivan Pinto, ao analisar a repercussão de prêmios como o Top Educação.

"Essas pesquisas quantitativas feitas de forma espontânea trazem credibilidade para as marcas." Na sua avaliação, quanto mais lembrada uma marca é, mais possibilidade tem de ser incluída no rol de opções de compra. O fato de essas empresas e instituições terem sido lembradas livremente é sinônimo de que são admiradas e respeitadas e estão na lista das preferências na hora de decidir pela contratação do serviço ou aquisição do produto.

Para o especialista em branding da ESPM, no entanto, na escolha de um sistema de ensino, escola de idiomas ou na compra de um livro, o consumidor leva em consideração aspectos como espaço geográfico, questão monetária e social.
 
Estratégias de marketing, pesquisas qualitativas, quantitativas e etnográficas são ferramentas cada dia mais usadas para conhecer e entender melhor o desejo e a necessidade do consumidor. Baseadas na antropologia, as avaliações etnográficas procuram compreender o modo de ação e o comportamento das pessoas em determinada região onde se quer comercializar um produto, procurando, assim, identificar certos hábitos. Apesar de as estratégias de marketing estarem a cada dia mais sofisticadas, em função do alto nível de competitividade e de complexidade de um ambiente globalizado, Ivan Pinto faz uma observação: o bom e velho boca-a-boca ainda é muito eficaz no setor educacional, especialmente por se tratar de uma área em que as relações de confiança preponderam.

Ele, porém, faz uma observação que serve para reflexão: "as empresas da área educacional têm estratégias de marketing bem ativas, mas eu percebo que na área dos ensinos fundamental e médio não há muitas ações. Talvez isso se explique pelo fato de serem muito localizados geograficamente". Ou, para quem quiser ler a observação de forma diferente, trata-se de um setor em que há muito campo aberto para fixar novas marcas. Especialmente para aqueles que dominam as especificidades do campo educacional.

Marcas que ensinam

Editora de livro didático para o ensino médio Scipione 57,4% Empresa: Há mais de 20 anos edita livros didáticos e paradidáticos de autores renomados, …

Compartilhe
, / 0 0

Editora de livro didático para o ensino médio



Scipione



57,4%

Empresa:

Há mais de 20 anos edita livros didáticos e paradidáticos de autores renomados, brasileiros e estrangeiros. Em 1999, foi adquirida pela Editora Abril, e registra, hoje, mais de 1,2 mil títulos em seu catálogo, além de cinco filiais sediadas em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Salvador e Recife.

As 3 tops: Scipione, FTD e Moderna

Editora de livros paradidáticos e infanto-juvenis



Ática



42,76%

Empresa:

Uma das líderes no setor de livros escolares. Fundada em agosto de 1965, foi comprada pela Editora Abril em 1999. Publica títulos didáticos, paradidáticos, de literatura, universitários e informativos em geral. A empresa contabiliza hoje mais de 2,1 mil títulos em catálogo e cerca de 1,1 mil autores diferentes.

As 3 tops: Ática, Moderna e Scipione


"Temos trabalhado para oferecer o melhor conteúdo para a sala de aula, não só com os melhores livros, mas também criando uma série de serviços para apoiar o professor – assessoria pedagógica, materiais digitais interativos e um portfólio com a alternativa certa para cada linha didática. Assim, os prêmios para as nossas editoras Ática e Scipione mostram que esse trabalho está na direção certa e que estamos conseguindo dar nossa contribuição para a melhoria da educação no Brasil." Mauro Calliari, diretor-geral da Abril Educação

Escola de Idiomas



CCAA



43,46%

Empresa:

Fundado em 1961, o grupo desenvolveu material didático e metodologia para o ensino de inglês, espanhol e português para brasileiros. A rede de franquias possui 8 mil profissionais. São mais de 800 unidades em todo o país, com cerca de 245 mil alunos entre unidades, escolas e empresas conveniadas ao ano. Atualmente, o CCAA possui 20 unidades franqueadas no exterior, situadas nos Estados Unidos, Chile, México, Portugal, El Salvador, Inglaterra e Japão.

Estratégia:
Busca o crescimento da rede CCAA com abertura de novas franquias, a popularização e a solidificação da marca, com foco nos pré-adolescentes e adolescentes, dos 9 aos 18 anos, das classes B e C.

As 3 tops: CCAA, Fisk e Wizard


"O Prêmio Top Educação confirma o compromisso do CCAA com a evolução do seu método de ensino e ratifica o sucesso e a eficácia de sua metodologia. Vejo esse prêmio como um reconhecimento do valorde nossos produtos e da nossa marca."


Rogério Gama, diretor de marketing do Grupo CCAA


Fabricante de Computadores



Dell computadores do Brasil



39,85%

Empresa:

Fundada em 1984 por Michael Dell, nos Estados Unidos, chegou ao Brasil em novembro de 1999. Em 2007, a companhia expandiu sua atuação no país, com a instalação da fábrica de Hortolândia (SP). Produz e comercializa notebooks, desktops a servidores, storage e switches.


Estratégia:

Oferecer ao consumidor meios diferenciados de acesso aos seus produtos, contando para isso com parcerias com grandes redes varejistas. Lançou neste ano o programa de canais PartnerDirect, em que sistemas Dell são vendidos em mais de 60 canais no país. As vendas diretas, via telefone e internet, continuam fazendo parte da estratégia na companhia.

As três tops: Dell, Itautec, Positivo


"A tecnologia é hoje uma importante ferramenta para a inclusão social de jovens e adultos. Aliá-la à educação é fundamental para o desenvolvimento do Brasil. Por isso, receber o Prêmio Top Educação 2008 é um grande orgulho. Investimos no mercado brasileiro, pois sabemos que o país tem muito potencial para crescer e se destacar. Com educação de qualidade e acesso à tecnologia de ponta, esse caminho será mais promissor."



Raymundo Peixoto, diretor-geral da Dell Brasil

Ação Social na Área Educacional



Instituto Arte na Escola



44,53%

Instituição:

O projeto Arte na Escola foi lançado em 1989 pela Fundação Iochpe e foi institucionalizado em 2000. O Instituto Arte na Escola é uma instituição do terceiro setor com foco em arte-educação, tendo o professor como público-alvo. A Fundação Iochpe foi criada em 1989 pelo Grupo Iochpe-Maxion, da área de autopeças e componentes ferroviários.


Estratégia:

Ter a universidade como parceira de seus programas, tornando-a interlocutora local na formação continuada do professor das redes de ensino públicas e particulares e no acesso a materiais educacionais. Procura unir esses dois pólos, para que o conhecimento gerado na universidade desenvolva a prática da sala de aula e esta fertilize o aprendizado acadêmico.

As 3 tops: Instituto Arte na Escola, Criança Esperança e Teleton

"Receber o TOP Educação representa para o Instituto Arte na Escola o reconhecimento do público por sua atuação. A votação espontânea traz credibilidade e legitimidade, o que nos enche de orgulho pelo trabalho realizado e pelo mérito de sermos a marca mais lembrada na categoria Ação Social."



Denise Grinspum, gerente-geral do Instituto Arte na Escola

Empresa de Tecnologia



Microsoft



42,01%

Empresa:

Iniciou suas atividades no Brasil em 1989. Seu foco é gerar oportunidades diretas na área de tecnologia para mais de 18 mil empresas e 495 mil profissionais. Nos últimos cinco anos, a empresa investiu mais de R$ 85 milhões em projetos sociais, levando tecnologia a escolas, universidades, ONGs e comunidades carentes.

Estratégia:
As ações de cidadania da área educacional têm como objetivo ajudar as pessoas a alcançar oportunidades sociais e econômicas sustentáveis por meio do uso da tecnologia. Dessa forma, essa ferramenta é uma aliada no processo educacional, seja para treinar gestores de escolas e educadores, para que possam aplicá-la em suas atividades cotidianas, seja para oferecer novas oportunidades a estudantes de escolas públicas.

As 3 tops: Microsoft, LG e Positivo


"A Microsoft Brasil é especializada em tecnologia, não em educação. Nosso objetivo é facilitar o acesso a ferramentas tecnológicas que permitam aos alunos, educadores e gestores desenvolver plenamente suas potencialidades e aprimorar o processo de ensino-aprendizagem. É motivo de grande satisfação e orgulho ser reconhecida por uma revista cuja expertise é essa e que é voltada para nossos parceiros: educadores e gestores escolares."



Ana Teresa Ralston, gerente de educação para a área social da Microsoft Brasil

Editora de Livro didático para o ensino fundamental



Moderna



40,65%

Empresa:

Criada em 1968, publica e distribui livros didáticos, material de apoio e literatura. É líder no mercado brasileiro de livros didáticos. Em 2001, passou a integrar o Grupo Santillana, um dos maiores do mercado mundial, com atuação focada na Europa e Américas.


Estratégia:

Após a consolidação de sua ação para a área do ensino fundamental, prepara-se para ser mais competitiva e inovar no segmento de ensino médio.

As 3 tops: Moderna, Ática e FTD


"A Editora Moderna tem investido muito na edição de livros para o ensino fundamental, e o Prêmio TOP Educação demonstra que a nossa ação tem dado resultados comerciais. Há aceitação de nossos livros por parte das escolas."



Sergio Quadros, diretor editorial da Moderna

Acampamentos



Nosso Recanto



60,65%

Empresa:

Fundada em julho de 1953, seu objetivo é proporcionar lazer a crianças e jovens em período de férias, por meio de atividades esportivas e educativas. Possui duas unidades em Sapucaí Mirim (MG). Em média, recebe 25 mil pessoas ao ano.

Estratégia:
Participar ativamente da formação de crianças e jovens pela educação não-formal, proporcionar a aquisição de competências socioemocionais e desenvolver valores pessoais e sociais. Acredita e investe em conceitos como respeito ao outro e ao meio ambiente; na cooperação e espírito de equipe; satisfação do cliente; qualidade no atendimento e na ética e moral.


As três tops: Nosso Recanto, Sítio Carroção e República Lago


"Ganhar o Prêmio Top Educação é uma honra para o Nosso Recanto e coroa todo um trabalho que é realizado e aperfeiçoado a cada novo evento. Desde que foi fundado, o NR segue fiel ao seu propósito de oferecer aos nossos acampantes uma experiência para toda a vida. O reconhecimento de toda uma classe profissional só aumenta a nossa responsabilidade e nosso orgulho."



Marco Antonio Vivolo, diretor da NR Acampamentos

Sistema de ensino



Objetivo



46,82%

Empresa:

Fundado por um grupo de médicos e estudantes, em 1965, como curso preparatório para as faculdades de medicina. A meta, desde sua criação, era desenvolver um projeto educacional mais amplo. Hoje, a instituição abrange o ciclo completo do sistema educacional brasileiro, da educação infantil à pós-graduação universitária. O Sistema de Ensino Objetivo atende cerca de 215 mil alunos e mais de 750 escolas, sendo 13 delas localizadas no Japão.

Estratégia:
Marketing boca-a-boca, decorrente daquilo que os pais e alunos revelam sobre os resultados que obtêm com o Sistema de Ensino Objetivo.

As 3 tops: Objetivo, Anglo e COC


"A área educacional é bastante concorrida e merece a atenção do público, pois a escolha de uma escola é das opções mais importantes para o futuro das pessoas. Uma iniciativa como esta pode melhorar o empenho das escolas em corresponder ao que delas se espera."



Marcia Carvalhinha, coordenadora pedagógica do Sistema de Ensino Objetivo

Sistema de ensino para a rede pública



Objetivo



41,54%

Empresa:

O Sistema Objetivo Municipal de Ensino (Some) está presente em 328 escolas de 25 prefeituras, com atendimento a 130 mil alunos.


Estratégia:

divulgação do sistema em revistas, feiras e demais eventos voltados à educação. Do interesse dos municípios surgem reuniões em que é apresentado o Sistema Objetivo Municipal de Ensino (Some).

As 3 tops: Objetivo, COC e Positivo



"Ser premiado na categoria Sistema de ensino para a rede pública demonstra o alto grau de confiança das prefeituras em relação ao Some."


José Erivan Lima Júnior, supervisor de convênios do Objetivo para a rede pública de ensino

Sistema de Gestão Escolar



RM Sistemas – Totvs



41,38%

Empresa:

Empresa de software, inovação, relacionamento e suporte à gestão. Adquiriu a RM Sistemas em 2006, transformando-a em uma linha de produtos. Sua atividade principal é o desenvolvimento de software, complementada com modelo expandido de negócios. É líder no Brasil, tendo alcançado 38,03% de share de mercado. É a 9ª maior empresa de ERP do mundo.

Estratégia:
Fornecer ferramentas de gestão com o objetivo de apoiar a decisão dos gestores da organização educacional.

As 3 Tops: RM Sistemas – TOTVS, Alabama, Urânia


"Receber este prêmio em votação feita por nossos clientes é sinal do reconhecimento de nossos esforços para ofertar as melhores práticas do mercado. Quando desenvolvemos um sistema, levamos em consideração não apenas a estratégia de nossa empresa, mas a necessidade dos clientes e como os investimentos serão transformados em benefícios."


Paulo Caputo, vice-presidente de estratégia de mercado TOTVS

Portal Educacional



Portal Objetivo



52,21%

Estratégia:

Não informada.

As 3 tops: Portal Objetivo, Arte na Escola, Educacional.com.br


"O Grupo Educacional Unip-Objetivo sente-se honrado em ser premiado também na categoria Portal educacional. Isso mostra que estamos no caminho certo, que é trazer eficiência e qualidade ao público que tem acesso ao nosso conteúdo."


Marcelo Souza, diretor de tecnologia do Grupo Unip-Objetivo

Equipamentos para Laboratório



Positivo Informática



43,64%

Empresa:

Fundada em 1989, tem presença nacional e internacional e oferece soluções de tecnologia, que vão da fabricação de computadores ao desenvolvimento de ferramentas educacionais. Atua em duas frentes de negócios: hardware e tecnologia educacional. Na área educacional, está presente em três segmentos: ensino particular, ensino público e varejo. Suas soluções são adotadas em 11.148 escolas públicas, 2.772 escolas particulares e possui mais de 900 pontos-de-venda do varejo.

As 3 tops: Positivo Informática, Brinkmobil e Sangari
Estratégia:

Oferecer soluções customizadas por meio de pacotes abertos moldados de acordo com a necessidade da instituição de ensino. Investe em inovação para oferta de novos produtos. As 3 tops: Positivo Informática, Brinkmobil e Sangari



"Recebemos o comunicado de que havíamos ganhado o Prêmio TOP Educação com honra e alegria. É o reconhecimento do grande trabalho que estamos fazendo decorrente do lançamento, no ano passado, do projeto Escola do Século 21, que agrega várias soluções de tecnologia educacional de hardware e software para as escolas."



André Caldeira, vice-presidente da divisão de tecnologia educacional da Positivo Informática

Livraria



Saraiva



42,42%

Empresa:

Fundada em dezembro de 1914 por Joaquim Ignácio da Fonseca Saraiva, é a maior rede nacional de livrarias, com operação em lojas físicas e e-commerce – www.saraiva.com.br. Em março deste ano, adquiriu 100% das ações do grupo Siciliano e hoje conta com uma rede de 102 lojas – sendo 43 com bandeira Saraiva e 59 com bandeira Siciliano – presentes em 13 estados brasileiros.

Estratégia:
Valorizar a experiência de compra nos seus diferentes canais de vendas, tanto físicos como virtuais, além de oferecer um atendimento diferenciado aos clientes.


As 3 tops: Saraiva, Cultura e Nobel



"Receber o Prêmio Top Educação 2008 comprova que a Livraria Saraiva está certa em sua estratégia, oferecendo livros e outros produtos ligados à educação, para crianças, jovens e adultos. Ficamos muito felizes, afinal somos uma empresa com tradição de 93 anos de mercado."



Marcílio D’Amico Pousada, diretor-presidente da Livraria Saraiva

Turismo Educacional



Sesc – SP



39,16%

Instituição:

A ação do Sesc é fruto de um projeto cultural e educativo que trouxe, desde sua criação pelo empresariado do comércio e serviços, há 60 anos, a marca da inovação e da transformação social. Ao longo dos anos, o SESC inovou ao introduzir novos modelos de ação cultural e sublinhou, na década de 80, a educação como pressuposto para a transformação social. Sua rede possui 32 unidades.

Estratégia:
Democratizar e difundir os bens e patrimônios socioculturais contemporâneos. O objetivo é diversificar o turismo, qualificando sua experiência, criando cumplicidade com o lugar visitado.

As 3 tops: SESC-SP, MASP e Museu da Língua Portuguesa


"Receber o prêmio Top Educação 2008, na categoria Turismo Educacional, revela o reconhecimento das ações propositivas do Sesc São Paulo e ressalta o caráter educativo de nossas atividades."



Danilo Santos de Miranda, diretor regional do Sesc-SP

Intercâmbio Cultural



Student Travel Bureau (STB)



40,38%


Empresa:

Fundado em 1971, o STB é a maior operadora de turismo jovem e estudantil do Brasil. Possui 58 lojas no país, além de uma loja em Sidney, na Austrália, e um escritório de apoio na Nova Zelândia. Embarca, anualmente, cerca de 40 mil jovens. Além de intercâmbio cultural para adolescentes e cursos de idiomas para os mais diferentes públicos, oferece viagens, experiências internacionais de trabalho e programas au pair.


Estratégia:

Oferecer os melhores serviços e atendimento e dar confiança às pessoas que queiram fazer intercâmbio. É preciso ter o máximo de conhecimento da operação, e o projeto é ampliar ainda mais a oferta de cursos no próximo ano.


As 3 tops: STB, Rotary Club e Alumni



"Ficamos muito satisfeitos e felizes por sermos escolhidos como a marca mais reconhecida na área de Intercâmbio cultural, porque foi uma escolha absolutamente espontânea. Isso quer dizer que o STB está na cabeça das pessoas."



Claudia Martins, gerente de comunicação do STB

Instituição de Ensino de Educação Aberta e a Distância



Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)



61,34%


Universidade:

Tem origem na Escola de Farmácia e Química e, em seguida, na Escola de Engenharia e nas faculdades de Medicina e de Direito. Em 1900 foram iniciados os cursos na área de Humanas. Em 1950, a universidade tornou-se federal. Possui 27 unidades universitárias, 75 cursos de graduação, 68 cursos de mestrado acadêmico e nove de mestrado profissional, 62 de doutorado, 11 cursos de educação profissional e uma escola de Educação Básica, além de cursos a distância de graduação, pós-graduação e extensão.

Estratégia:
A Secretaria de Educação a Distância da UFRGS, criada em 2002, terá para os próximos anos três frentes de atuação: a expansão da educação a distância e a criação de cursos permanentes de graduação; e a manutenção de um espaço aberto de educação a distância para que seja democratizada a produção científica da universidade.


As três top: UFRGS, Unip e Senac


"Desde a década de 70, discutimos o desenvolvimento do ensino a distância na UFRGS, pensando na integração com as tecnologias de informação e comunicação. O prêmio TOP Educação vem reconhecer esse trabalho".



Sérgio Roberto Kieling Franco, secretário de Educação a Distância da UFRGS

Material Escolar



Faber-Castell



51,77%


Empresa:

De origem alemã, é a maior fabricante mundial de lápis de madeira plantada, presente em 100 países e com 16 fábricas. Iniciou suas atividades no Brasil em 1930. Produz cerca de mil itens que abastecem o mercado interno e são exportados para mais de 70 países. Uma das pioneiras em reflorestamento.

Estratégia:
Atua com ampla linha de produtos, desde material para o público infantil a cosméticos.

As 3 tops: Faber-Castell, Bic e Tilibra

Merenda Escolar/Refeições Coletivas



Real Food



41,15%


Empresa:

Empresa de alimentação que atua no mercado desde 1972. Com estrutura para produzir mais de 1 milhão de refeições por mês, oferece serviços de consultoria à implementação de restaurantes, incluindo gerenciamento e auditorias.

Estratégia:
Ampliar o número de clientes, investindo em condições sanitárias, profissionais treinados e capacitados e cardápio balanceado e nutritivo.

As 3 tops: Real Food, Coan e Nutriplus


"Uma premiação deste porte demonstra que estamos no caminho certo e entre as melhores do país, ainda que concorrendo com duas empresas bem conceituadas no mercado de alimentação. A fidelidade e as constantes pesquisas realizadas com os clientes mostram que a Real Food é nota 10 em alimentação escolar."


Ederson Christian Alves de Oliveira, diretor comercial / Marketing da Real Food

Móveis Escolares



MOVESCO



As 3 tops: Movesco, Pandin, Cequipel

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN