Mais de 36 mil contribuíram para consulta pública do Enem digital

Questionário foi criado para receber sugestões sobre a mudança no formato do exame, bandeira do ex-ministro Cid Gomes

Compartilhe
, / 944 0

A consulta pública sobre o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) recebeu mais de 36 mil sugestões durante as duas semanas em que ficou aberta. Ela encerrou-se na terça-feira (17) e, nos próximos dois meses, as colaborações serão sistematizadas e analisadas. As respostas visam guiar o Ministério da Educação (MEC) no aperfeiçoamento do exame e na possível implantação do Enem digital. O novo formato do exame foi uma bandeira da gestão de Cid Gomes, ex-ministro da Educação que renunciou ao cargo na quarta-feira (18).

No total, foram 36.582 participações em 14 dias de consulta. Na ocasião, o público pôde responder a duas perguntas: “Qual é a sua sugestão para a ampliação do banco de itens nas quatro áreas de conhecimento do ENEM (linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias)?” e “Qual a sua sugestão para o aprimoramento da logística, segurança e aplicação da prova?”.

Desde que tomou posse, o ex-ministro da educação Cid Gomes prometeu mudanças no formato do Enem, chegando a mencionar o plano de que o exame passaria a ser digital com um grande banco de questões. A intenção principal é desencorajar as tentativas de vazamento, já que uma prova seria diferente da outra. Ainda não há definição sobre a continuidade do projeto após a saída de Cid.

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN