Mais de 35% dos professores de escola pública não são formados na disciplina em que dão aulas

Dados do Censo Escolar da Educação Básica 2015 mostram que parcela considerável dos 518.313 educadores da rede pública do país estão nessa situação

Compartilhe
, / 428 0

© iStockphoto

Dados do Censo Escolar da Educação Básica 2015 divulgados oficialmente em março mostram que 38,7% dos 518.313 professores de escolas públicas do país não têm formação na disciplina em que dão aulas. Considerando que, em alguns casos, um mesmo professor dá aulas em mais de uma disciplina para a qual não tem licenciatura, o número dos docentes que lecionam com formação inadequada salta para 374.829, o que equivale a 52,8% das 709.546 posições ocupadas por professores. Além disso, 12,7 % dessas posições são preenchidas por docentes que não têm curso superior.

Prevendo reverter o quadro, o MEC irá abrir, no segundo semestre, 105 mil vagas em cursos de graduação presenciais e a distância para docentes que já atuam na rede pública. Entre essas vagas, 20 mil serão oferecidas em universidades federais, 4 mil em institutos federais de ensino superior e 81 mil em cursos da Universidade Aberta do Brasil. Os interessados puderam se inscrever entre os dias 5 de abril e 20 de maio. O Ministério também divulgou que o Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor) será reconfigurado no ano que vem. 

Considerando o que prevê a meta 15 do Plano Nacional de Educação, que prevê que, até 2015, todos os professores de Educação Básica deveriam ter “formação específica em curso de licenciatura na área de conhecimento em que atuam”, as novas medidas do MEC, apesar de bem-vindas, estão atrasadas.

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN