Mais crianças estão na creche, mas cresce diferença de acesso entre ricos e pobres

Embed from Getty Images Em 2001, apenas 10,4% das crianças que pertenciam aos 25% mais pobres tinha acesso à creche. Na mesma época, este …

Compartilhe
, / 293 0

Em 2001, apenas 10,4% das crianças que pertenciam aos 25% mais pobres tinha acesso à creche. Na mesma época, este percentual entre os 25% mais ricos era de 32,6%. O acesso aumentou, mas a diferença entre os dois grupos também. Essa diferença, que era de 22,2 pontos percentuais, passou a ser de 28,8 pontos em 2014. No ano, 22,4% das crianças do primeiro grupo frequentavam a educação até os 3 anos, percentual que ficou em 51,2% para o segundo grupo.

O levantamento foi feito pelo movimento Todos Pela Educação com base em dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em declaração para a Agência Brasil, Alejandra Meraz Velasco explicou que o acesso a creches é mais fácil para ricos tanto quando se trata de particulares quanto de públicas. Isso se dá pela concentração destas instituições em centros urbanos, em detrimento da periferia.

O acesso à creche está previsto no Plano Nacional de Educação (PNE). De acordo com a lei, até 2024, 50% das crianças com idade até 3 anos devem ter acesso à educação. Atualmente, 29,6% das crianças nessa faixa etária frequentam estas instituições.

Com informações da Agência Brasil

 

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN