Laura Lynn Barros

diretora da Escola Americana do Rio de Janeiro

Compartilhe
, / 836 0



Qual o diagnóstico que o você faz da educação básica no Brasil? Quais os principais problemas, avanços e retrocessos que a educação vive?


Eu acredito que a educação básica no Brasil tem melhorado muito na última década, mas ainda se fazem necessárias muitas mudanças para se alcançar o progresso desejado. A educação básica precisa ser obrigatória e oferecida com qualidade para todos, sem discriminação. Do ponto de vista de uma estrangeira morando no Brasil há 20 anos, eu vejo que um dos principais problemas é a falta de investimento governamental: federal, estadual e municipal, também, os baixos salários pagos aos profissionais desse setor. Hoje em dia, vêem-se um enorme movimento de voluntariedade e a criação de ONGs para levantar recursos humanos e financeiros para apoiar a educação, porém, acho que é responsabilidade do governo investir muito mais.




Na sua opinião, qual é o principal desafio para alavancar o desenvolvimento e a qualidade da educação em nosso país?


Na premissa de que é responsabilidade do governo construir, manter e procurar melhorias constantes nas escolas, imagino que o principal desafio seja planejar o orçamento para sustentar uma reforma grande e permanente na educação do país.




Educação é um bom negócio?


É um excelente negócio para quem tem visão a longo prazo e quer sinceramente o progresso do país. A única maneira de realizar avanços na economia do país e na qualidade de vida dos brasileiros é por meio da educação. Os países que investem fortemente na educação vêem os resultados no PIB crescente e, entre outras repercussões, alcançam uma renda
per capita

saudável e sustentável.



Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN