Integração com o mercado na prática

Unisuam fecha parceria com a empresa Mude para oferecer aos alunos experiências concretas de aprendizagem

Compartilhe
, / 301 0
Arapuan Netto (à dir.), reitor da Unisuam, e Marcus Moraes, sócio-fundador da Mude

Arapuan Netto (à dir.), reitor da Unisuam, e Marcus Moraes, sócio-fundador da Mude

A integração existente entre a academia e o mercado de trabalho na Alemanha serviu de inspiração para uma mudança radical implantada na Unisuam. Ao tomar conhecimento da experiência europeia durante a realização de uma missão técnica, o reitor Arapuan Netto decidiu instalar uma indústria do setor de engenharia em uma antiga estrutura da instituição e se aliar à empresa Mude, que produz equipamentos de musculação para academias ao ar livre. O objetivo foi mesclar o alicerce acadêmico e a infraestrutura da universidade com a tecnologia e o know-how da empresa, a fim de oferecer aos alunos novas experiências de aprendizado.

A parceria foi bem-sucedida e um de seus primeiros frutos foi o programa de mestrado em Desenvolvimento Local. O programa trabalha a partir de inovações propostas pela empresa e, dessa forma, consegue preparar o aluno tanto para a realização de pesquisa e docência, como para a atuação no mercado de trabalho – sempre com foco na geração de renda e na inclusão social, respeitando os valores culturais locais e o caráter protagonista da população envolvida.

Para os alunos dos cursos de graduação, a parceria tem possibilitado a participação em programas de estágio e outras iniciativas inovadoras de capacitação desenvolvidas pela fabricante, que trabalha a partir do conceito Building Wellness Cities para implantar infraestrutura urbana esportiva nas cidades e prestar serviços gratuitos à população.

Atualmente, seus equipamentos de musculação em aço inox estão espalhados por mais de 80 academias públicas e em 300 estações de ginástica e alongamento do Brasil. Estes locais funcionam como um ponto de interconexão entre os usuários finais: os profissionais de educação física, que utilizam os espaços para suas atividades de orientação; o poder público, que combate o sedentarismo e melhora o espaço urbano; e os patrocinadores, entre eles o Banco Santander, que utilizam e financiam os projetos para trazer saúde e esporte às cidades brasileiras. Mais de 200 mil pessoas já foram beneficiadas, segundo estimativas.

Além do ganho para a comunidade acadêmica, a fabricante tem um retorno. Parte de sua produção – ancorada no tripé design, funcionalidade e durabilidade – é oriunda da parceria com a universidade. Para Marcus Moraes, sócio-fundador da empresa, o convite do professor Arapuan Netto foi visionário e inspirador: “Pude realizar um sonho, já que fizemos um espaço para dar oportunidades a novos empreendedores, e ainda trouxemos toda a efervescência acadêmica de diversas áreas de estudos para inspirar e contribuir com os projetos da Mude”.

Já para o reitor da Unisuam, parcerias como essas aproximam a academia, o aluno e a sociedade e, mais do que isso, promovem grandes realizações ao mesclar cooperação, inovação e a oferta de oportunidades aos envolvidos.

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN