Inep reúne professores para aumentar banco de questões do Enem

Governo considera que a ampliação do Banco Nacional de Itens garantirá a segurança do exame

Compartilhe
, / 1078 0

Depois do vazamento de questões na última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) decidiu organizar um mutirão com o objetivo de criar, em cinco dias, 1,7 mil novas questões para o Banco Nacional de Itens (BNI). A medida pretende garantir a segurança do exame e, assim, permitir sua realização duas vezes por ano.


Foram mobilizados professores de 24 universidades públicas para formular itens nas quatro áreas do conhecimento abordadas na prova. Ao longo da semana, eles irão trabalhar de salas de aulas com computadores monitorados dentro das respectivas universidades, conectados online com a equipe do Inep em Brasília, que fará a correções dos itens produzidos para sua validação. Para cada item aprovado durante o mutirão, o Inep pagará R$ 200, valor acima dos R$ 120 pagos normalmente.

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN