Inep cria 1º banco de dados para avaliadores do ensino superior

Sistema reúne dados de doutores, mestres, especialistas e professores

Compartilhe
, / 884 0





Redação

O Inep/MEC (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) concluirá até o final de março o único banco de dados cadastrais de avaliadores da educação superior. Atualmente o banco ainda está em fase experimental, mas logo terá armazenado dados de doutores, mestres, especialistas e professores.



 




O novo sistema, além de fazer novas inscrições, organizará e reunirá os dados já cadastrados de cerca de 2 mil avaliadores de novos cursos superiores que antes tinham seus dados espalhados por bancos de diversas instituições. Deste modo, também evita-se duplicidade de cadastros em diferentes órgãos.




 




“O banco, criado em um novo sistema de informática, vai aglutinar todas as modalidades de avaliação”, explica Iara Xavier, coordenadora-geral de Avaliação do Inep. “Com um banco único, saberemos onde está o avaliador e o que está fazendo. Antes, como não havia uma central, o avaliador era convocado para ir a Manaus, por exemplo, por uma comissão; e ao Rio de Janeiro, por outra. Agora, teremos o controle”.




 




Em abril e maio deste ano, o Inep abrirá inscrições para novos avaliadores, e os aprovados serão capacitados pelo instituto. Avaliadores que não concordaram com o novo sistema, que prevê a aplicação das normas do Sistema de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), desistiram da atividade, enquanto os avaliadores que ficaram no sistema foram capacitados.




 



Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN