Igreja demite professora italiana por ser “sexy demais”

Fato de ser divorciada também influenciou na decisão da Diocese

Compartilhe
, / 931 0



Uma professora de religião foi demitida pela diocese da cidade de Fano, leste da Itália, que considerou o modo de Caterina Bonci, 38, se vestir fora de sala de aula “sexy demais”. Outro fator responsavél pela demissão da professora foi o fato de ela ser divorciada, segundo agências internacionais.






Caterina  está tentando reaver seu emprego. Ela é divorciada desde 2000 e afirma que nunca escondeu isso das autoridades católicas. A professora defende seu direito de escolher a roupa que desejar fora da escola. “Eu não vejo qual é o problema se uma professora é atraente ou não, desde que ela seja qualificada”, declarou.






Mas jornais locais citaram declarações de advogados da igreja dizendo que a demissão da professora foi motivada por ela ser divorciada. A história chamou atenção do jornal “Corriere della Sera”, que deu o seguinte título à notícia: “Professora de minissaia é demitida de diocese”.




Fonte: Reuters



Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN