<i>Escola de Gestores</i> pretende resgatar relação escola-comunidade

MEC promete formar 174.856 administradores de instituições de ensino público

Compartilhe
, / 968 0


O projeto-piloto do programa
Escola de Gestores da Educação Básica

, lançado na última segunda-feira, 13 de junho, começa a funcionar ainda neste mês, para formar 400 gestores em exercício nas escolas públicas estaduais e municipais do Pará, Ceará, Pernambuco, Bahia, Piauí, Rio Grande do Norte, Mato Grosso, Espírito Santo e Rio Grande do Sul até dezembro.

O objetivo do programa, segundo a Secretaria de Educação a Distância (Seed/MEC), é resgatar o papel da escola, para fazer da gestão escolar um instrumento de apoio à atuação dos professores em sala de aula e de articulação entre escola e comunidade. A idéia é contribuir para a melhoria do padrão de qualidade e eficiência do ensino público.

Em 2006, na segunda e terceira fase do projeto, está prevista a formação de 174.456 gestores nas escolas públicas estaduais e municipais de todo o país.

A iniciativa, do Ministério da Educação (MEC), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e das Secretarias de Educação Básica (SEB/MEC) e de Educação a Distância (Seed/MEC), conta com a parceria do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e da União Nacional de Dirigentes Municipais de Educação (Undime), e com o apoio do programa Fome Zero, do Ministério da Saúde, do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI) e da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Mais informações pelo site



www.mec.gov.br


.

(Fonte: MEC)


Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN