Governo estuda ampliar ensino em presídios

MEC quer mais educação formal para a população carcerária

Compartilhe
, / 977 0



O Ministério da Educação (MEC) pretende ampliar a oferta de ensino formal
 

nos presídios do país. O órgão estuda ampliar o Programa de Integração da Educação Profissional ao Ensino Médio na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos (Proeja), incluindo a população carcerária na expansão educacional.





 




Segundo Jaqueline Moll, diretora de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, “A implantação do Proeja nos presídios pela rede municipal, pelos sistemas municipais e estaduais, pode ser um elemento diferencial na formação dessas populações”. Um estudo da Fundação Getúlio Vargas mostrou que 78% dos presidiários do Estado de São Paulo não têm nem ensino fundamental e 8,2% deles são analfabetos.




 





(Fonte: MEC)



Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN