Fuvest registra aumento da participação de alunos da rede pública

Acréscimo ocorreu devido ao maior número de isenções na inscrição

Compartilhe
, / 1041 0


Neste ano, a participação dos alunos de escolas públicas chegou a 41,8% dos inscritos no vestibular da Fuvest, um dos mais importantes do país. Trata-se do maior índice desde 1987, quando a Unicamp passou a adotar processo seletivo próprio. A coordenação da Fuvest acredita que o aumento da participação ocorreu em decorrência da elevação no número de isenções da taxa de inscrição, que custou R$ 105. Cerca de 65 mil estudantes foram beneficiados pela medida.



Apesar da ampliação, o número ainda é considerado baixo, já que 85% dos estudantes do Estado de São Paulo estão matriculados na rede pública de ensino. No vestibular do ano passado, os alunos de escolas municipais e estatuais somaram 38,6% dos inscritos e somente 20,1% dos aprovados.



Com o objetivo de reduzir essa discrepância, a USP (Universidade de São Paulo) criou um grupo de trabalho para avaliar as causas da exclusão de alunos da rede pública no vestibular da instituição. A universidade ainda não definiu de que modo poderá facilitar o acesso desses estudantes. O mais provável é a criação de programas de reforço escolar, direcionados para alunos de baixa renda.



Apesar da discreta melhoria, líderes de movimentos sociais reclamam da lentidão da universidade em promover as modificações necessárias para facilitar o acesso de estudantes pobres. Para o coordenador do MSU (Movimento dos Sem-Universidade), Sérgio Custódio, todos os alunos da rede pública deveriam ter direito à isenção na taxa de inscrição. “Eles já estão em grande desvantagem com relação aos alunos dos colégios particulares”, afirma.



Além de aumentar o número de isenções neste ano, a Fuvest também enviou informativos para os cerca de três mil colégios da rede pública que possuem ensino médio. A primeira fase do processo seletivo aconteceu no último domingo, 27, e contou com a presença de 158.450 estudantes. Os candidatos disputam 9.952 vagas na USP, 100 para a Santa Casa e 195 da Academia de Polícia Militar do Barro Branco.

(Fonte: Folha de S. Paulo)



Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN