Filosofia para crianças e jovens

Livro ‘Deuses para Clarice ‘ filosofa por meio de uma narrativa marcada por diálogos

Compartilhe
, / 0

Autor de diversos livros que aplicam temas e conceitos da filosofia a situações cotidianas, o professor Clóvis de Barros Filho dirige-se a leitores mais jovens em Deuses para Clarice (Benvirá, 208 págs.).

A exemplo de diversos clássicos desse campo, é um livro de diálogos. Neste caso, entre o autor e sua filha. O ponto de partida se dá durante um almoço de família. Clarice diz que não está conseguindo acompanhar as aulas de filosofia na escola, e o pai se oferece então para ajudá-la. Depois, colegas da filha também participam da troca de ideias.

Como o título sugere, as conversas são recheadas por referências a deuses. Uma referência à “desordem” do mundo contemporâneo, por exemplo, conduz ao deus Caos, que inspirou todo um grupo de divindades. Elas viviam no “céu”, cuja ideia original não corresponde ao nosso entendimento da palavra – e então, ao explorar esse tópico, o livro tangencia temas religiosos.

“Do dueto entre pai e filha, nascem histórias ao gosto de hoje, divertidas”, escreve o jornalista Mario Vitor Santos no prefácio. “Contornam o anedótico. Incorporam as futilidades. Nenhuma curiosidade é omitida, muito menos censurada. O sabor geral tem o entusiasmo das primeiras histórias.”

livro filosofia crianças

Leia também:

Centro de Formação Docente do Colégio Dante Alighieri oferece cursos livres

“A educação só tem a ganhar com o Movimento Maker”

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN