Exposição reúne fotos feitas por jovens carentes

Mostra é gratuita e realizada pelo Senac-SP até 30/10

Compartilhe
, / 832 0



Esta é a última semana para conferir a exposição
Alfabetização Visual

, realizada pelo Centro Universitário Senac e o Museu da Imagem e do Som (MIS). Até
30 de outubro

(sábado), os visitantes podem apreciar as fotografias feitas por menores infratores, moradores de rua, imigrantes não documentados e portadores de deficiência. Os jovens foram orientados por João Kulcsár, docente do Senac, e são atendidos pelas instituições Itaú Cultural, Fundação Gol de Letra, Meninos do Morumbi, Estação Especial Lapa, Projeto Travessia, Ação Educativa, Sesc, Senac, Presídio Feminino do Carandiru e Febem.




 




O objetivo do evento, segundo o professor, é mostrar como a fotografia pode ser uma ferramenta da educação visual em projetos sociais ou mesmo em disciplinas de escolas públicas. “Em uma civilização bombardeada por imagens é fundamental que jovens possam desenvolver essa leitura visual crítica do mundo”, afirma Kulcsár.




 




Durante a exposição, alunos do projeto de responsabilidade social do Centro Universitário Senac, realizam oficinas de câmera de orifício, fotograma e câmera obscura para crianças e professores. O mesmo evento foi apresentado na Universidade de Harvard em fevereiro desse ano. A mostra é aberta ao público e gratuita.




 




O MIS fica na Av. Europa, 158, Jd. Europa, São Paulo (SP).







Mais informações pelo telefone (11) 5682-7300.




 




 




(Fonte: Senac)



Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN