Estudo da OCDE analisa ações de países para melhorar a educação

Preparação de alunos para o mercado e capacitação de professores estão entre 450 iniciativas de 34 países

Compartilhe
, / 1054 0


Foto: Reprodução/Education Policy Outlook 2015

Nesta semana, a OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) divulgou um estudo que mostra o que os países ricos têm feito para aprimorar seus sistemas educacionais. Foram analisadas 450 ações na área da educação adotadas por 34 países nos últimos sete anos. As iniciativas estão compiladas no estudo Education Policy Outlook 2015, disponível em inglês na página da OCDE.

A preocupação em preparar os estudantes para o mercado de trabalho é recorrente na lista de países estudados, que não inclui o Brasil. Grande parte desses projetos focou em uma reforma nos sistemas nacionais de ensino profissional ou técnico. Já 24% das iniciativas analisadas apostaram em melhorias no ambiente escolar, como redução do número de alunos por turma, mudanças no currículo e capacitação de professores.

Garantir qualidade e equidade na educação é parte do objetivo de 16% dos projetos, implantados em países como Nova Zelândia e Inglaterra. Outras ações listadas no estudo dizem respeito a reformas nos sistemas de avaliação, ampliação das formas de financiamento e definição de políticas nacionais de educação.

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN