Escolas públicas recebem 4,6 milhões de dicionários a partir de 2006

Objetivo da iniciativa é oferecer material adequado à série e faixa etária dos alunos

Compartilhe
, / 787 0



A partir de 2006, 17 milhões de estudantes da rede pública do primeiro ciclo do ensino fundamental, em todo o país, receberão 4,6 milhões de dicionários adequados à sua faixa etária e à série em que estão matriculados. Segundo o MEC, a medida não só estimula o uso dos livros como pode contribuir para o aprendizado da língua portuguesa.



 




Os 38,9 milhões de dicionários distribuídos e usados entre os anos de 2001 e 2003 não indicaram melhora na média do aprendizado do português, de acordo com dados do
Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica

(Saeb) no ensino fundamental. Antes, os livros distribuídos às crianças na primeira série do ensino fundamental deveriam ser usados até a oitava série, mesmo sendo inadequados para as crianças mais novas.




 




Com a nova medida, os acervos serão coletivos para cada sala de aula, e os professores receberão orientações para a utilizar o material com os alunos. A política de seleção e distribuição de dicionários foi reformulada a partir do
Programa Nacional do Livro Didático

(PNLD) 2006.




 





(Fonte: MEC)



Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN