Escolas da rede municipal podem participar de programa gratuito que promove inclusão

Iniciativa da Fundação Dorina Nowill realiza visitas de estudantes de 7 a 17 anos à instituição; objetivo é aproximá-los da realidade de outras crianças e adolescentes cegos ou com baixa visão

Compartilhe
, / 941 0
inclusão

Escolas podem participar de programa que promove inclusão. Crédito: Shutterstock

Um programa desenvolvido pela Fundação Dorina Nowill aproxima crianças e adolescentes da rede municipal de ensino de São Paulo da realidade das pessoas cegas ou com baixa visão. A iniciativa promove visitas gratuitas à instituição, com programação que inclui atividades lúdicas com olhos vendados, bengalas nas mãos e o contato com o alfabeto e livros em braile.

Os estudantes também fazem uma visita guiada pelo Centro de Memória Dorina Nowill e conferem diversos modelos de aparelhos auditivos (usados para escutar livros falados), livros digitais acessíveis e máquinas de escrever em braile, além da reprodução de um ambiente doméstico adaptado para deficientes visuais.

As atividades são gratuitas e acontecem até junho, de segunda a sexta, nos períodos da manhã e da tarde. Os estudantes são divididos por faixas etárias – 7 e 8 anos, 9 a 12 anos e 13 a 17 anos. O programa oferece materiais educativos, além de lanche e transporte a estudantes e professores.

As escolas interessadas em participar devem entrar em contato pelo e-mail incluindocm@fundacaodorina.org.br para mais informações e agendamento.

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN