Economia da educação

CARTA AO LEITOR | Edição 202 O Semesp convida todos a participarem do  17º Fórum Nacional do Ensino Superior Particular Brasileiro (Fnesp), que acontece …

Compartilhe
, / 1062 0

CARTA AO LEITOR | Edição 202

O Semesp convida todos a participarem do  17º Fórum Nacional do Ensino Superior Particular Brasileiro (Fnesp), que acontece nos dias 24 e 25 de setembro, em São Paulo. Os palestrantes – entre eles, Henrique Meirelles, ex-presidente do Banco Central, e Dirk Van Damme, chefe da divisão de educação da OCDE – oferecerão distintas perspectivas sobre as relações entre economia e educação, partindo de uma ampla análise do atual cenário econômico para chegar a uma reflexão sobre a função do ensino superior, que é formar capital humano qualificado.

Reconhecendo a necessidade de aumentar o diálogo com o governo, o sindicato lançará, na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, o Mapa do Ensino Superior no Brasil. O evento acontecerá em outubro e dará aos parlamentares um panorama completo da educação superior.

Também com o propósito de estreitar as relações, o Semesp solicitou audiência junto ao FNDE para discutir os repasses dos aditamentos preliminares do Fies e a situação de insegurança jurídica vivida pelas IES. O sindicato discordou dos critérios do MEC em relação ao limite dos reajustes, ainda que o teto agora seja de 8,5%. A situação fere a Lei das Mensalidades n° 9.870. Além disso, cada curso possui uma estrutura de custo; o percentual de 8,5% pode não ser satisfatório para todos. Outro problema é a falta de isonomia na fixação das mensalidades para alunos de mesma turma. O FNDE prometeu analisar as propostas do Semesp de equiparar todos os contratos de aditamentos preliminares em até 8,5%. Continuaremos dialogando com o ministério para atender da melhor forma possível nossas IES associadas.

Hermes Ferreira Figueiredo, presidente do Semesp

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN