Dez anos após adoção do Ideb, menos de 30% das escolas de ensino fundamental 1 atingem meta de desempenho

Dados são referentes a 2015 e foram compilados pelo Iede (Interdisciplinaridade e Evidências no Debate Educacional); meta para 2021 é que instituições cheguem à nota 6

Compartilhe
, / 2097 0

Dez anos após a adoção do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), lançado em 2007 com base nos dados da Prova Brasil de 2005, 28,8% de 38.461 escolas de ensino fundamental 1 têm desempenho igual ou superior à nota 6, meta global estabelecida à época para o ano de 2021. A informação foi compilada pelo recém-lançado Interdisciplinaridade e Evidências no Debate Educacional (Iede).

Entre 2005 e 2015, o número absoluto de escolas dessa faixa com desempenho igual ou maior a 6 passou de 166 para 11.112. Destas, 2.138 têm desempenho igual ou superior a 7. Em 2005, eram apenas seis escolas que atingiam esse índice.

Se o crescimento é expressivo, o número de escolas com baixo rendimento ainda é muito significativo: 14,2% têm rendimento inferior a 4, e outras 24,9% inferior a 5.

Já nos anos finais do ensino fundamental, o número de escolas com nota superior a 7 passou de 3 para 36, em mais um claro indício de que a etapa tem se constituído em um dos principais gargalos da educação brasileira.

Dez anos após adoção do Ideb, 70% das escolas de ensino fundamental 1 não atingem meta de desempenho

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN