Design na aviação brasileira é tema de exposição em São Paulo

Mostra do Museu da Casa Brasileira cobre arco de mais de dois séculos e meio de história, e conta com reproduções tridimensionais

Compartilhe
, / 665 0
Nos jardins do Museu da Casa Brasileira, o A-29 Super Tucano, turboélice de ataque leve e treinamento, produzido pela Embraer para as Força Aérea Brasileira (Crédito: Gustavo Morita)

Nos jardins do Museu da Casa Brasileira, o A-29 Super Tucano, turboélice de ataque leve e treinamento, produzido pela Embraer para as Força Aérea Brasileira (Crédito: Gustavo Morita)

Difícil pensar em uma atividade humana em que o design seja uma necessidade tão essencial quanto na aviação, em que o diálogo próximo com a aerodinâmica é determinante para a concepção de aeronaves cada vez mais aptas a se valer do menor atrito possível com o ar.

É a presença dessa relação que a exposição “Design na aviação brasileira” homenageia até 20 de agosto, no Museu da Casa Brasileira, em São Paulo. Concebida pelo arquiteto, artista plástico e técnico em eletrônica industrial Guto Lacaz, a mostra cobre um arco de mais de dois séculos e meio, ilustrados com reproduções tridimensionais que vão do balão de ar quente do “Padre voador” Bartolomeu de Gusmão, de 1709, aos mais recentes aviões projetados no Brasil, com destaque para aqueles produzidos pela Embraer, coprodutora da mostra por meio de seu instituto. Passando, obviamente, por Santos Dumont.

A exposição não se restringe à área interna do museu: logo na entrada, há uma reprodução, em escala 1:2, do planador Urupema, de 1963, feito de madeira e resina epóxi para competições de voo a vela. Outras duas reproduções, estas em tamanho real, ocupam os jardins do local, o A-29 Super Tucano e a Máquina de Voar de Leonardo da Vinci, em que o visitante pode acionar as asas utilizando os pedais.

Há, ainda, uma sala dedicada aos processos de projeto das aeronaves, com desenhos e projetos virtuais, e outra com reprodução de peças.

No dizer de Lacaz, autor também da mostra “Santos=Dumont designer” (2006), “trata-se de uma exposição de alto valor estético e tecnológico”.

Design na aviação brasileira
Visitação: até dia 20 de agosto
Local: Museu da Casa Brasileira – Av. Brigadeiro Faria Lima, 2705, Jardim Paulistano
Telefone: (11) 3032-3727
De terça a domingo, das 10h às 18h
Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada) | Crianças até 10 anos e maiores de 60 anos são isentos
Pessoas com deficiência e seu acompanhante pagam meia-entrada
Gratuito nos fins de semana e feriados
Acessibilidade no local
Visitas orientadas: (11) 3026.3913 | agendamento@mcb.org.br | www.mcb.org.br

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN