Deputado propõe que crase seja abolida da língua portuguesa

João Neto, criador da proposta, afirma que acento só existe para humilhar as pessoas

Compartilhe
, / 988 0


O deputado João Herrmann Neto (PDT-SP) elaborou o Projeto de Lei 5154/05 que, se aprovado pela Câmara, abolirá o uso da crase. Segundo ele, a crase complica a língua portuguesa e só serve para “humilhar muita gente”.  “As ambigüidades podem ser desfeitas com o estudo e a análise do texto, sem levar em consideração esse sinal obsoleto que o povo já fez morrer”, defende.



Em sua argumentação, Herrmann cita diversos escritores, como Moacyr Scliar, que na crônica “Tropeçando nos acentos” registra: “A população brasileira se divide em pobres e ricos, mas também se divide em dois grupos, os que sabem usar a crase, a minoria, e a maioria que tem um medo existencial a esse sinal”.



O deputado diz ainda que, sem a crase, haveria economia do tempo no ensino da Língua Portuguesa, pois “esse é o erro mais comum dos estudantes”. “O acento não faz falta nenhuma. Simplesmente deixará de ser escrito”, explicou.



(Fonte: Nota Dez)



Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN