Decreto regulamenta educação a distância no país

Documento prevê equivalência irrestrita com diplomas presenciais

Compartilhe
, / 959 0


Um decreto que regulamenta os cursos de educação a distância no país deve ser sancionado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva nos próximos 45 dias.



De acordo com o secretário de Educação a Distância do MEC, Ronaldo Mota, o documento prevê a equivalência geral e irrestrita entre diplomas presenciais e a distância. “O decreto define padrões de qualidade para a educação básica de jovens e adultos, para educação profissional de nível médio e educação superior”, diz.



(Fonte: Folha Online)



Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN