De olho no futuro

No mês em que completa 18 anos de vida, Educação convida professores e alunos a pensarem no sistema educacional brasileiro e reafirma sua esperança no futuro

Compartilhe
, / 982 0

Aos 18 anos, um jovem brasileiro alcança a maioridade legal. Ao mesmo tempo terminou, ou está terminando, todo o ciclo da Educação Básica. Nesse momento, sua vida está passando por grandes mudanças. Em geral, está lidando com a escolha de uma profissão, ou com a nova realidade do ensino superior. É um período em que pode haver um pouco de incerteza e ansiedade, mas normalmente é repleto de expectativa e esperança no futuro.

É com esse espírito que Educação chega aos seus 18 anos de vida. Se nessas quase duas décadas a educação brasileira sofreu profundas transformações, o mercado editorial e o jeito de fazer revista no Brasil também mudaram bastante. Nos dois casos, uma das principais responsáveis por esse sentimento foi a entrada irrevogável da tecnologia em nossas vidas e na nossa forma de trabalhar.

#R#

Esse é um dos principais pontos lembrados pelos professores que neste ano completam 18 anos de carreira, assim como nós. Educação convidou a eles e a alunos de 18 anos para pensarem com a gente sobre as mudanças na educação brasileira nesse perío­do e sobre o que gostariam que tivesse sido diferente.

Enquanto os professores citam, em todas as conversas, as mudanças trazidas pela tecnologia em seu modo de dar aula e na forma de ser professor na atualidade, os alunos, nativos digitais, nem a consideram em seus comentários.

Outra unanimidade na lembrança de quem trabalha há quase duas décadas com educação no Brasil é o momento da aprovação da Lei de Diretrizes e Bases (LDB), em 1996, e seus primeiros impactos naquele momento inicial.

O que há de comum entre professores e alunos, porém, é o reconhecimento do valor da educação. Assim como os professores amam o seu trabalho, os alunos lembram com carinho do tempo passado na escola, e fazem uma declaração surpreendente: eles não mudariam nada na escola.

Bom, mudariam alguns pequenos detalhes. A sugestão deles e a opinião dos professores, você confere nas páginas a seguir.

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN