Curso aborda trajetória dos afrodescendentes após a abolição

Programação para professores inclui aulas teóricas e trabalho de campo

Compartilhe
, / 276 0

A história dos africanos e afrodescendentes escravizados no Brasil é contada nas escolas sob a ótica eurocêntrica. Estas pessoas que aqui foram trazidas são abordadas como seres passivos e não se explica muito bem o que acontece depois que a abolição (oficial) da escravatura foi conquistada. O curso Ressignificando São Paulo: uma experiência de ensino de história da África é direcionado a professores e pretende oferecer subsídios para mudar esse cenário. Ele recebe inscrições no site

O curso será oferecido pelo Programa de Educação Tutorial (PET) História USP entre fevereiro e junho. No início, haverá aulas teóricas sobre o tema no campus da USP localizado no Butantã, em São Paulo (SP). Na segunda etapa, os participantes viajarão para atividades de campo no interior de São Paulo.

Não há restrições quanto ao perfil do inscrito, mas serão priorizados os profissionais da educação que estiveram presentes às reuniões preparatórias do projeto (em 2015), os professores de História, os professores diretamente envolvidos no ensino da cultura africana e afro-brasileira e os estudantes de História.

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN