Contribuições à Base Nacional Comum

Ministério da educação (MEC) já recebeu 9,8 milhões de contribuições para reajustes na proposta de Base Nacional Comum Curricular

Compartilhe
, / 297 0

Ministério da educação (MEC) já recebeu 9,8 milhões de contribuições para reajustes na proposta de Base Nacional Comum Curricular. Ao menos 34 mil escolas e 200 mil pessoas, sendo 166 mil professores, já se cadastraram para contribuir com a versão preliminar do documento apresentada pelo MEC em setembro de 2015. As colaborações podem ser feitas até o dia 15 de março por meio da internet. Até o momento, ganharam destaque as críticas feitas à parte de história do documento.

Uma parcela dos especialistas avalia que o texto dá pouca ênfase à história da Europa, em especial à antiguidade e à revolução Francesa, por exemplo, e sobrevaloriza a história do Brasil, destacando a cultura negra e indígena, e a história da África. Em janeiro, membros da Associação Nacional dos Professores e Pesquisadores de História (ANPUH) se reuniram com representantes do MEC e garantiram espaço para a colaboração oficial da entidade no processo. Já no currículo de português, o principal problema apontado foi a pouca ênfase dada aos conteúdos de gramática depois do 3º ano do ensino fundamental. O MEC já reconheceu a pertinência dessas observações e adiantou que fará alterações no texto final.

Após a consulta pública, será elaborada uma segunda versão da proposta, a ser apresentada em abril. Para essa etapa, foram convidados 96 leitores críticos do documento que têm produção acadêmica reconhecida nacional e internacionalmente. Eles farão observações e sugestões ao texto, que também será discutido em seminários realizados pelas secretarias estaduais de educação e pela União Nacional dos dirigentes Municipais de Educação (Undime). O documento, que deve orientar escolas, redes e sistemas de ensino na construção de currículos e projetos pedagógicos, será finalizado até o dia 24 de julho. Depois, será encaminhado para revisão do Conselho Nacional de Educação (CNE).

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN