Construção coletiva

Rede social mais popular, o twitter ajuda a estender as trocas de saberes a novas situações

Compartilhe
, / 920 0

Líder de audiência na internet brasileira, de acordo com estudo da StatCounter, o Twitter tem atraído professores interessados em desenvolver projetos relacionados à internet, como Patricia Lopes. "Minha relação com as redes sociais é bem antiga e constante", diz. "Utilizo-as na minha atualização profissional, na socialização das práticas educacionais e no processo de ensino e aprendizagem." Ela busca propiciar aos alunos "a percepção de que as redes sociais são uma continuação das trocas de conhecimentos que vivemos no cotidiano, mas de modo virtual, como se estivéssemos conversando em uma aula, na sala com amigos ou telefonando".

Patricia associa as ideias de Paulo Freire ao universo on-line. "Como ele dizia, aprendemos enquanto ensinamos e ensinamos enquanto aprendemos", observa. "Com as redes sociais, isso ocorre de maneira mais ampla, em que pessoas com os mesmos interesses se encontram, trocam experiências e constroem saberes coletivos, em processo constante." O projeto organizado por ela na escola da rede municipal onde trabalha, em São Paulo, teve início com uma pesquisa de campo sobre o mercado de trabalho na região e usou como "norteador" o Twitter, cujo uso deu origem a um manual (1). "Toda a unidade escolar foi envolvida", destaca.

O site peruano Universia também organizou uma espécie de manual sobre o Twitter com "50 ideias de uso na educação e na vida" (2). "Essa plataforma baseada em (textos de no máximo) 140 caracteres se constituiu como uma das várias ferramentas tecnológicas favoráveis à educação e, sobretudo, é de grande ajuda para o estabelecimento da relação aluno-professor", diz a introdução do documento. A seguir, algumas de suas sugestões.     
(SR)


(1) Slideshare



(2) Universia

Os primeiros passos

– Não se limite a "tuitar" sobre você; fale também com outras pessoas a respeito de seus interesses.
– Conte fatos importantes que estejam acontecendo em sua sala de aula.
– Tenha cuidado ao promover sua instituição ou imagem. Lembre-se de que poderá chegar a um grande número de seguidores.
– Promova as histórias de seus alunos, mas tenha o cuidado de manter o anonimato, especialmente o de crianças.

Ideias sobre o que "tuitar"

– No lugar de responder à pergunta "o que está fazendo?", prefira responder "o que toma a minha atenção?".
– "Tuíte" sobre coisas de outras pessoas.
– Faça perguntas. O Twitter é ideal para gerar opiniões.
– Quando falar a respeito de suas coisas, que sejam úteis.

Os pontos negativos que lembrarão a você

– Twitter toma tempo.
– Twitter afasta você do ensino.
– Há outras maneiras de fazer isso.
– Twitter é só para "nerds", e não para professores.

Os pontos positivos com que pode responder

– Twitter faz o papel de pesquisador de opinião.
– Twitter pode ajudar a capturar a atenção do aluno para temas importantes.
– Twitter envia notícias mais rapidamente do que outras fontes.
– Twitter pode gerar e aumentar comentários de pais.

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN