Comunidade indígena intervém nas decisões sobre escola

Pesquisa da USP mostra relação dos índios Kotiria com a gestão escolar

Compartilhe
, / 888 0

Um estudo da Faculdade de Educação da USP constatou que os índios Kotiria, também conhecidos como Wanano, compreendem a escola como um bem comunitário. Na comunidade, as decisões sobre a escola são tomadas pelas famílias de alunos e por ex-alunos. Para entender a realidade da educação local, a pesquisadora Aline Abbonizio passou três meses em uma comunidade dos Kotiria na cidade de São Gabriel da Cachoeira (AM).

A experiência fez parte da pesquisa de doutorado de Aline “Educação escolar indígena como inovação educacional: a escola e as aspirações de futuro das comunidades“. Ela percebeu que as decisões que os Kotiria tomam sobre a escola estão estreitamente relacionadas com o que decidem para melhorar a comunidade. Um aspecto importante desta relação é a alimentação escolar. A merenda provém da plantação de alimentos que a escola mantém com a colaboração e os ensinamentos das famílias.

 

Fonte: Agência USP de Notícias 

Foto: Divulgação

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN