Como os professores podem tornar as aulas mais interessantes para os alunos da Geração Y?

Gilvan Elias Pereira, diretor acadêmico das Faculdades Atibaia (Faat) A Geração Y é composta por jovens que possuem capacidade de lidar com várias tarefas …

Compartilhe
, / 1040 0

p18-Gilvan_MG_9720 - CópiaGilvan Elias Pereira, diretor acadêmico das Faculdades Atibaia (Faat)
A Geração Y é composta por jovens que possuem capacidade de lidar com várias tarefas ao mesmo tempo. Essa característica altera um dos pilares da educação tradicional, que é o ensino unidirecional, promovido com base em sequencialidade hierárquica de conhecimentos. O uso de cases, maior interatividade, jogos e atividades em grupo são alguns elementos que tornam as práticas de ensino motivadoras, para um público que aprecia ação e competição e não tem paciência para longas e repetidas exposições.

 

 
p18-Saude_Daniel Rey de Carvalho copyDaniel Rey de Carvalho, pró-reitor acadêmico da Universidade Católica de Brasília (UCB)
Vivenciamos um momento interessante no contexto educacional, em que a sala de aula remete ao século 19, os professores são do século 20 e os alunos do século 21. Acredito que o primeiro passo para tornar as aulas mais interessantes seja estimular o estudante a interagir com o objeto de estudo em vez de permitir uma postura passiva, simplesmente recebendo o conteúdo. O professor, por sua vez, precisa mudar sua atitude, tornando-se muito mais um orientador, supervisor ou facilitador da aprendizagem.

 

 
p18-Erika LisboaErika Lisboa, gestora da Incubadora de Empresas do Centro Universitário de Brasília (Uniceub) e professora do curso de administração
Com muita criatividade. Ao lidar com alunos que nasceram em uma época na qual a tecnologia já faz parte do seu dia a dia e em que a informação está a um clique, as aulas devem se tornar cada vez mais participativas e interativas, despertar o interesse do aluno e proporcionar que o conteúdo seja desenvolvido junto com o discente por meio de temas atuais e relevantes para sua formação. Jogos, discussões e atividades práticas servem como auxílio para estimular os jovens a se apaixonarem pelo aprendizado.

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN